Juventude Perdida: Clipe novo lançado

Salve! Hoje venho divulgar um trabalho autoral vindo diretamente do velho oeste paranaense! A banda Juventude Perdida (Punk/HC) de Toledo – PR gravou recentemente seu primeiro videoclipe da música Nancy. 
Atualmente eles possuem duas músicas autorias disponíveis nas plataformas digitais e estão em processo de gravação de mais som. A música foi lançada pela Nu e Cru Records de Santa Helena – PR e o clipe foi produzido pela Fran (nossa redatora) 

 Os integrantes da banda são:
Lessandro – Vocal
Sepp – Baixo
Cezar – Guitarra Solo
Maycon – Guitarra base
Luiz – Bateria 

Então sem mais delongas, confiram aí o videoclipe da banda e aproveita pra seguir eles nas redes sociais! 

Instagram: @juventude.perdida
Facebook: @bandajuventudeperdida
Youtube: Juventude Perdida



Notas Extremas # 55


Hail Headbangers, confira nesse começo de semana algumas noticias da nossa cena do Metal nacional, está no ar nossas Notas Extremas #55


1) IMPERADOR BELIAL: Atração confirmada no ‘1º True Metal Fest – Edição Tubarão’

Os cariocas do IMPERADOR BELIAL estarão desembarcando em solo catarinense no próximo dia 21/09/2019 para mais um show em suporte na divulgação dos atuais lançamentos “Curse Of Belial” e “Inkubus Origins”.
A banda foi confirmada, ao lado de Carcinosi e Hollow, no ‘True Metal Fest’, que pela primeira vez será realizado na cidade de Tubarão/SC, na já conhecida Caverna Kilmister. O evento está sendo organizado em uma parceria com o selo gaúcho True Metal e a produtora Bisho Extreme Produções, estarmos lá na cobertura do evento:


2) Malkulth : Banda anuncia nova formação

Em nota, a banda anunciou o ingresso do guitarrista Kronos, que soma a Sir Ashtaroth (Vocal/Guitarra), Ghoul (Contra-baixo) e Vetis (Bateria/Backing Vocal) para focar em novas composições e dar um suporte ainda maior na divulgação ao vivo do atual trabalho “Voodoo”, leia a nota completa:

“HAIL!
Viemos por meio desta nota anunciar nosso mais novo guitarrista. Trata-se do experiente músico Kronos, que vem para somar ao MALKUTH em futuras composições além de nos dar um suporte ainda maior na divulgação ao vivo do nosso atual trabalho ‘Voodoo’.
Voltamos a nos estabilizar como um quarteto com Sir Ashtaroth (Vocal/Guitarra), Kronos (Guitarra), Ghoul (Contra-baixo) e Vetis (Bateria/Backing Vocal). Em breve estaremos anunciando mais novidades, seja bem-vindo à horda Kronos, e nos vemos na estrada!”



3)  Disponibilizado novo som do Death Chaos nas plataformas virtuais


Após o lançamento do álbum “Bring Them To Die” em 2018, o Death Chaos vem a público para informar que seu novo single “Throught the Eyes of Brutality”, acaba de ser oficialmente liberado para audição completa em todas as plataformas digitais

Curiosamente, a música fala sobre a história de um dos maiores seriais killers que já existiu, Ed Gein. O Death Chaos sempre explorou em sua temática, assuntos relacionados a psicopatia e lendários monstros de filmes de Horror.


4) The Cross Banda confirma duas faixas inéditas no “4 Ways To The Die Vol. II”


Mesmo trabalhando em um novo álbum, os baianos do THE CROSS pensam em iniciar 2020 com tudo! A banda confirmou presença no 4Way Split, intitulado “4 Ways To The Die Vol. II”, que será lançado início do ano vindouro pelo selo chileno Australis Records.
O trabalho contará com duas faixas inéditas do grupo, que é o único brasileiro presente neste projeto, dividindo espaço com Aura HiemiS (Chile), Despondent Chants (Perú) e Funeris (Argentina)



5) Sleepwalkers confira agora o videoclipe da música “Subconscious Cruelty


 Lançado  recentemente, no seu canal oficial no YouTube, o videoclipe para a música “Subconscious Cruelty”, primeiro single extraído do seu vindouro debut “Hypnos”.


6) Alluria : confira agora o videoclipe da música “Circle Of Life”

A banda ALLURIA confirmou o lançamento do seu primeiro videoclipe, para a música “Circle Of Life”, produzido pela Foggy Filmes.O produto áudio visual já está disponível para visualização no canal oficial da banda no YouTube.



7) Héia Banda libera primeira faixa do vindouro “Maldición de la Serpiente – Live in Cochabamba”, ouça!


O primeiro álbum ao vivo dos goianos da HÉIA, “Maldición de la Serpiente – Live in Cochabamba”, está quase saindo do forno e a banda acaba de divulgar a primeira faixa deste trabalho.

Trata-se da música “Onde as Trevas Predominam”, que foi lançado no canal oficial do trio no YouTube, mostrando um pouco mais da agressividade do Black Metal brasileiro em terras bolivianas



8) Necrobiotic : lançado videoclipe para a faixa “Obsession”.
O novo álbum “Symphonies for the Mentally Deceased”, da banda mineira de death metal old school Necrobiotic, acaba de ganhar o primeiro videoclipe e a faixa escolhido foi “Obsession”.

‘Obsession’, é o quarto capítulo da saga das sinfonias. Durante a evolução da personalidade psicopata o personagem desenvolve uma cruel obsessão pelas pessoas que o cercam. Ansiedade, possessão, o desejo de possuir para si outrem se torna maior do que a relutância em assassinar alguém...
O prelúdio do que virá, os assassinatos em série”.

O videoclipe foi produzido por Take Off Films, com imagens de Gustavo Teixeira, edição de Cesar Pessoa e Gustavo Teixeira.

9) Ethel Hunter - Lançamento do single 'Ignoble Redemption
O grupo paranaense de Death Metal 'ETHEL HUNTER' disponibilizou em suas redes sociais o single intitulado 'IGNOBLE REDEMPTION' música que fará parte do primeiro full length com título, capa e tracklist ainda a serem divulgados.
A arte do single foi produzida exclusivamente para a divulgação deste trabalho, que ficou a cargo de: Larissa Pires
A banda já está em fase de gravação do primeiro full length que deverá ser finalizado até o fim do segundo semestre de 2019.
Formado em agosto de 2012, o 'ETHEL HUNTER' busca evidenciar através de suas músicas a sonoridade da velha linha Death Metal, brilhantemente executada por mestres do estilo.


10) 100 DOGMAS: assista  ao teaser do primeiro clipe da banda

Depois de uma paresentação matadora no River Rock a 100 dogmas não para e divulga o teaser do seu primeiro clipe "Genética".

Sobre a escolha da música, Rafhael Jorge comenta:

"A escolha da Genética, para musica do clipe, foi devido a recepção que tivemos quando terminamos o EP "aMALdiçoado Seja", ela foi super bem recebida e elogiada entre os amigos próximos e os novos fãs. Também acho que os "tempos" dela colaboraram, pois ela é bem curta e direta, com apenas um refrão e muito groove e um solo de arrepiar no final da musica.
A Letra dela também foi um ponto alto da escolha pois é uma temática diferente e com uma mensagem super importante de como somos manipulados pela sociedade antes mesmo de nascer, mas se tivermos um pouco de força de vontade e rebeldia, temos a chance de mudar"

O Lançamento do videoclipe de "Genética" será às 13:00 (horário de Brasília) na próxima quarta-feira dia 18 de Outubro no site www.osubsolo.com de forma exclusiva e com entrevista com Rafhael Jorge, mas enquanto isso, assista ao teaser:
1


Dissecando EPS #17 Farm News - Dark New Farm

Salve! Tenho o prazer de dissecar o Farm News, o novo trampo da Dark New Farm. Já início dizendo que se você tá procurando um som pesado, que consegue fazer uma mistura perfeita de elementos sonoros, então pode abrir aí no Youtube e já coloca pra toca.



A banda além de trabalhar com essa fusão de elementos sonoros, também faz uma mistura perfeita entre o inglês e o espanhol nas suas letras. O EP possui 6 faixas: 

1 - L.O.V.E.
2 - Madre 
3 – Collision
 4 - La Patria! La Fábula! 
5 - In Justice 
6 - Hushaby 

L.OV.E é o primeiro som do EP, já no riffizinho de início eu consegui senti uma pegada puxada pro SOAD e KoRn, eu como uma grande fã de SOAD achei uma ótima escolha. Seguindo com a música Madre que se tornou o meu som favorito do EP, essa música termina com um piano que casou muito bem com a construção sonora da música. Depois seguindo com Collision e La Patria! La Fábula, duas músicas com letras bem agressivas e com uma sonoridade mais agressiva ainda. Sabe os elementos sonoros comentado ali acima? Na In Justice tu vai perceber bem a presença deles, eu já consigo até ver a galera moshando nesse som. Finalizando com Hushaby que trás uma pegada mais melancólica, fechando o EP com chave de ouro.



O EP está disponível nas plataformas digitais e também em versão física, que pode ser adquirido com os integrantes da banda ou diretamente na página da banda.
A Dark New Farm é de Nova Fazenda/SC e seus integrantes são:

Harley Caires - Vocais 

Sol Portella - Guitarras e vocais 

Vinicius Saints - Baixo 

Maykon Kjellin – Bateria

E ai, curtiu? Siga a banda nas redes sociais e acompanhe o trabalho deles!

Playlist de uma Semana Extrema # 02


Hail Headbangers, acompanhe agora nossa segunda Playlist e uma Semana Extrema para quem não conhece esse nosso quadro, nós tecemos pequenas resenhas e comentários de álbum que nossos colaboradores ouviram ao longo da semana , entretanto aqui nosso foco são trabalhos de bandas estrangeiras, uma forma de falar um pouco do que ocorre no mainstream mundo afora:

1) Slipknot : We Are Not Your Kind”, na adolescência foi uma das bandas que mais ouvi mas com tempo fui deixando de lado e não estava no hype para ouvir esse material, mas mesmo assim fui e não , não é mais emu tipo de som , mas tem muitos méritos, mas longe de ser tão pesado quanto o Iowa, com uma formação nova, novas mascaras e tudo aquilo que os fãs adoram, mas resumidamente tem muito de Stone Sour nesse álbum claro o Corey canta pra caralho mas o excesso de vocal limpo não me agrada Unsainted” “Nero Forte”.Critical Darling” e Solway Firth são as melhores, para fãs um álbum imperdível para que não curte muito acho difícil esse trabalho fazer você mudar de ideia.


2) Immolation - Unholy Cult: O  Immolation nunca decepciona, e merecia muito mais destaque do que recebe, nunca abrindo mão do extremismo eles sabem se manter fiel a aquilo que se propõem a fazer esse é o seu quinto trabalho e esta frente a grandes nomes da discografia como Dawn Of Possession e Failure For Gods, os vocais de Ross Dolan, são imponentes ouça as agressões em forma de musica que atendem pelos nomes de: Of Martyrs and Men e A Kingdom Divided


3) Death-  Sound of Perseverance: Quem me conhece sabe ...eu amo Death, é disparado uma das minhas bandas do coração e em 1998 foi lançado esse trabalho uma despedida inesperada e que até hoje não superada, e difícil não ouvir esse trabalho e pensar o que perdemos pois as musicas aqui são todas perfeitas, e quando digo todas..sim são todas mesmo: Scavenger of Human Sorrow”, Story to Tell”, a pegada mega técnica de Flesh and the Power It Holds” “A Moment of Clarity” e The Sound of Perseverance” e poucos covers superam a original e arrisco me dizer que Painkiller na versão do Death supera a original, podem reclamar mas e verdade. 


4) Raise Hell: Wicked is My Name: ta ai uma banda que não é muto conhecida, esse trabalho é o segundo deles e veio menso rápido que o seu antecessor Not Dead yet talvez por isso perderam um pouco de ponto comigo mas se curte uma pegada Death /Thrash ou vice versa ouça Raise Hell sons como: Nightwatcher, "Hellborn" e Destiny Deceiver,ah que capinha bosta né kkkk 


5) Pyrexia - Unholy Requiem da louvável cena da década de 90 o Pyrexia formou se em Nova York, menos de meia hora espalhado em oito musicas, é simplesmente um sai da frente, como o brutal death metal tem que ser, mas tanto tempo de estrada serve para a banda saber colocar um pouco de melodia nesse massacre como nos sons: Angels of Gomorrah, e 'Blood to Ash, para quem busca sons mais modernos no Death recomendo.


6) King Diamond: Song of the dead live - Puta que pariu que álbum lindo, eu não curto trabalhos ao vivo mas isso aqui é covardia, o rei diamante ta cantando como sempre, assustador hipnotizante completam o time Andy LaRocque (guitarra), Mike Wead (guitarra), Pontus Egberg (baixo) e Matt Thompson (bateria) não sei o que dizer além de perfeito Melissa" e "Come to the Sabbath , Abigail, compre nem que tenha que vender sua alma pra isso.


Dangerous Meeting Fest

Dia 28/09 a Adega Nostra-Vamos em Cascavel - PR será novamente palco de um festival com bandas fudidas brasileiras e paraguaia!



O fest contará com 3 bandas: 

VINYL- Trazendo consigo o Speed Thrash desde Ciudad Del Este. virão os batalhões de aço veloz cortando gargantas e derretendo ouvidos com machados afiados em V, desferindo riffs cortantes!



BATTALION - Das terras vizinhas de Satan Catarina, os discípulos do templo de aço nos brindarão novamente com seu ataque incessante de riffs cortantes, vocais rasgados e bateria alucinante! No calor da batalha, com pouco tempo para a data do ritual, os irmãos de guerra soam as trombetas para o ataque, trazendo consigo a essência mais pura do speed heavy metal, despejando sobre a Adega aço cromado fervente!


AQUERONTE - Comemorando 20 malditos anos de estrada, uma das bandas mais lendárias do cenário paranaense se fará presente neste ritual para acompanhar-vos através de um rio de fogo até os 7 portões do inferno, os emissários do fim deixarão somente uma terra desolada após o ataque do primitivo metal negro!


E claro que nós do Underground Extremo faremos a cobertura desse rolê, então fica o convite para quem estiver pelas redondezas de Cascahell para comparecer e assistir o ritual macabro que será esse fest!

Link do evento aqui.

Playlist Extrema: sons para se ouvir na Sexta Feira 13



Hail Headbangers, sexta feira 13 a data cheia de misticismo para alguns ou um dia normal para outros, mas para nossa equipe do Underground Extremo é dia de divulgar nossa cena Underground então confira mais 13 dicas de sons para deixar essa Sexta feira muito mais brutal

Confira nossa lista anterior : http://www.undergroundextremo.com/2018/04/sons-para-curtir-em-uma-sexta-feira-13.html

1) ... From the Abyss: Começando nossa lista o terror da mente perturbada de Lovecraft, a banda busca nas obras do autor toda a inspiração para narrar na forma de um pesadelo sonoro o horror cósmico, confira a m´sucia que batiza a banda



2) Offal: Qualquer musica desse macabro grupo de Curitiba e perfeita par ao dia de hoje pois elas são sádicas, doentias, e buscam nos filmes Trash a inspiração para compor perolas da insanidade mental, destaco aqui sons dos Macabre Rampages and splatter savages


3) Murdeath A banda aparecera aqui em breve com o seu trabalho possessão e lançaram agora o som sangue é vida que estará presente no trabalho sacrilégio, e todas nossas expectativas aumentam com esse single puta musica maravilhosa.


4) Distressed: March of zombie O nome auto explicativo , uma verdadeira homenagem aos mortos vivos e quando o inferno estiver cheio os mortos caminharão pela terra, faixa presente no EP de estreia Decade of decay

5) Tressultor: è no EP o cartel do Juarez que a banda catarinenses nos apresenta a maravilhosa receita das empadinhas da dona Isabel, para quem não sabe elas tinham um recheio especial de carne humana

6) Facing Fear :A lenda de Ana Jasen e sua carruagem rondando pelo Rio de Janeiro ale´me de uma lenda urbana a sua historia batiza o cd de estreia da banda de Heavy Metal em português


7) Warhell: Dawn of the Dead por muito tempo foi a abertura do programa underground extremo essa música em uma mescla de Death/ Thrash com um clipem muito bem feito e referencia a um dos melhores filmes de terror de todos os tempos


8) Blasphematorium ''The Blasphematorium'' o trabalho de estreia dessa banda é altamenete recomendado letras profanas nesse Heavy Thrash maravilhoso atente pela capa e vai fundo em sons como fornication by the name

9) The Undead Manz: O que é ser um Undead? Se livrar do estado de zumbificação que a humanidade se encontra essa proposta pode parecer meiga mas não se engane a musica da undead é pesada e os seus clipes tem um cuidado especial cheio de metáforas confira 


10) Zumbis do espaço A marca dos três noves invertidos, por indicação da nossa redatora Fran, zumbis do espaço e uma banda que eu não tinha ainda dado o devido valor mas que som foda de pegajoso e puro horror punk.
 
11) Motorhell Only in the dark banda de Toledo que faz um Heavy Thrash muito bem tocado com uma linha melódica impressionante, essa musica em destaque tem um clima maquiavélico maravilhoso

12) Curser slaughter: Elm streeet O assassino de crianças o mestre dos sonhos não pode ficar de fora dessa lista então tome um thrash metal animal executado pela Curser slaughter procure o trabalho one last fixxx 

13) Acid Witch Swamp Spells Death, Doom, Stoner, ou seja uma viagem lisérgica um som perfeito para curtir a lua cheia dessa sexta ouve a risada da bruxa no começo do som e já vai entrando no clima de youtube onde elas serão soltas




Cobertura: Circle Of The Tyrants VI

Salve galera, início minha participação no Underground Extremo com a cobertura que fiz no último final de semana na Adega Nostra-Vamos em Cascavel – PR.

Ter presenciado o Circle Of The Tyrants foi a melhor coisa que fiz no feriado de 7 de setembro, o festival contou com a presença de 5 bandas de várias regiões do país e também com uma banda do Paraguai.


O set foi formado pela as bandas: Orgia Nuclear, Exylle, Verthebral, Distanásia, Flageladör e Hell Abyss.

Por volta das 23h o evento iniciou com a Orgia Nuclear que atualmente está em turnê, trazendo o Speed Black Metal Punk Marginal para o público cascavelense. A confirmação da banda no evento veio de última hora, mas marcou presença e trouxe um show com muita representatividade.













A segunda banda a se apresentar foi a Exylle(Thrash/Death) de Curitiba – PR. Trouxe uma apresentação enérgica e a galera não parou 1 minuto.




















A terceira foi a Verthebral (Death Metal) do Paraguai, eu estava bem ansiosa para ver eles ao vivo e o show valeu cada minuto.






















Distanásia (Crust de Maringá - PR) veio logo em seguida com um som agressivo e único. Foi a segunda vez que consegui presenciar um show deles e novamente fiquei de cara com a apresentação!






























Flageladör iniciou seu show por volta das 3h da manhã, mas mesmo com o cansaço a galera não deixou de presenciar. O baixista Alan Magno não conseguiu comparecer ao show e então o Lucas Chuluc assumiu o posto.





















Para finalizar Hell Abyss (Black Metal de Dois Vizinhos - PR) fechou o evento trazendo suas blasfêmias no velho molde do Thrash Black Metal. Infelizmente não consegui registrar o show deles, mas fica para uma próxima!

E assim chega mais um final de um evento, trazendo a sensação de missão completa, agradeço meu amigo Leandro Brugnaro que está à frente dos festivais do Circle Of The Tyrants, que já trouxe diversas bandas para Cascavel, e também fica o agradecimento a todas as bandas e ao público que compareceu e fortaleceu. Que venha os próximos festivais.

Dissecando EPS #16 Necrofilia – God Of Carnage


Para ouvidos não acostumados o Death Metal pode parecer um emaranhado de berros, e instrumentos tocados em velocidade, mas quem já torturou( ou treinou ) seus ouvidos com a nata do estilo leia de Krisiun a Morbid Angel, de Nile a Death, sabe que existem varia formas de evoluir o estilo sem perder a sua essência , e dessa forma a banda do Mato Grosso do Sul God of Carnage procura nas entranhas do estilo a inspiração para terem lançado os registros Red Light e Necrofilia, e desse ultimo a qual nos referimos.


Apresentando a banda compondo em português , o que na minha opinião casou bem com a proposta , esse EP ou s single se preferir apresenta três faixas, abrindo temos Necrofilia, poso estar enganado mas a banda apresenta uma leve influência de Doom Metal que depois desencamba para um Death ríspido, e um refrão bem Brainworm, lembre estamos falando de Death Metal, então um ponto a mais para a banda.

Chico Picadinho, tem a participação de Raihner Batista, o que deu para a faixa em questão um agressividade a mais o contraste de vocais é brutal assim como os atos do “homenageado”

Fechando o trabalho temos a minha favorita Extremidade ou Ritual, essa vai na linha do Death Metal dos anos 90 com ares de Six Feet Under, e a que  me provocou a maior vontade de bangear que nem um louco.

12 minutos é suficiente para virar fã de uma banda? Nesse caso sim , fico no aguardo pelas próxima nojeiras que esses deuses do carnificina pode nos oferecer.




River Rock Festival: Sons que não podem ficar de fora parte 01


Salve Headbangers, sempre quando estamos nas vésperas de um grande festival fazemos nossa aposta de sons que não podem ficar de fora dos set lis das bandas, na verdade nossas apostas são apenas uma forma de divulgar e apresentar as bandas que estarão no fest, nesse caso dia 6,7 e 8 estaremos no River Rock Festival, onde teremos mais de trinta bandas, uma estrutura incrível para camping, ou seja aquele padrão de qualidade que faz o estado de Santa catarina ser o estado do Rock/Metal.

Confira então a primeira parte do nosso Especial

Anal Vomitation : Que tal abrir o festival com musicas que expressam os melhores sentimentos de amor, carinho e mensagens de verdadeiro acalento para família tradicional brasileira?, a Anal Vomitation foi formada no ano de 2013 e possuem músicos com passagens por outros grandes nomes do Death Metal que se uniram pra ofender toda a moral,e nos presentear com um excelente Porn gore acreditamos que entre as musicas que não podem ficar de fora são: Cândida vaginal, O Ato de ingerir fezes.

Tengu: ta ai uma banda que eu não conhecia executando um Rock alternativo autoral, formada em Florianópolis- Santa Catarina, Brasil. A banda é formada por Sandro Diefenbach (Baixo), Daniel Barão (teclado, sintetizador, Teremim), Walter Neto (Bateria), Tiago Santos (Guitarra).Curti muito a vibe do som The Point of Pointlessness"


Legacy of Kain Formada por músicos experientes da cena do Paraná o Legacy Of kain apresenta uma nova proposta mais voltada para o thrash/groove com uma pegada mais moderna e e letras que levam o ouvinte a uma reflexão acerca do momento que nossa sociedade vive. Seu primeiro full chama –se I.N.V.E.R.S.O e desse trabalho destacamos a faixa titulo e a música Legado 


Anthares : Furiaaaaaaaaaaa.... No limite da força já apareceu aqui no site como um dos álbuns clássicos da cena nacional , então é claro musicas desse trabalho não ficaram de fora, mas vale lembrar também que a banda lançou outros trabalhos como o mais recente o caos da razão e desse trabalho aposto que teremos sons como pesadelo sul americano,  e sementes perdidas.



Ratos de Porão: Quem acompanha a cena sabe que o ratos de porão vem tocando o álbum Brasil na integra, e que a suade de João Gordo fez com que ele se afastasse dos palcos, depois de quase uma substituição a banda vi se apresentar com Jão nos vocais então sera um formato diferente para podermos ver a veterana banda, claro que ai o set fica fácil de identificar 


PZZ O encontro entre o Hardcore e o Metal e o Punk, está presente na sonoridade do Pogo Zero Zero , já assisti esses caras algumas vezes e eles causam o inferno onde tocam, e com certeza irão fazer as tribos do River se unirem no mosh, eles possuem um EP auto intitulado com 4 faixas destaque para todas pois é violento o negocio aqui.


High Butcher: olha o nome da banda e responda em trinta segundos o que eles tocam? Isso mesmo Thrash Metal puro violento feito para castigar nossos pescoços,a banda formou se em 2004, e depois de algumas mudanças de formação em 2017 se estabilizaram e pregam agora um ode ao metal oitentista.

Cosmic Soul: Não é apenas uma banda tributo é a porra de um tributo ao Death, os pais da porra toda, e claro que os músicos por tras desse projeto idolatram a obra do Chuckão, e são excelentes músicos pois executar com perfeição peças como Symbolic, Crystal Mountain e e the Philosopher sim os caras são foda.


Resenha: Eight Spears - Dark Tower


As vésperas de lançar Obedientia   me toquei que não tinha resenhado o trabalho anterior da Dark Tower o que é um baita vacilo da minha parte porque essa é na atualidade uma das bandas que eu mais escuto da cena Extrema carioca, então segue a resenha do excepcional Eight Spears.

Os nomes por trás da horda são Flávio Gonçalves - Vocais , Raphael Casotto - Guitarras, Rafael Morais - Guitarras, Rodolfo Ferreira - Baixo, Backing vocals, e Jean Secca – Bateria, todos muito técnicos em seus instrumentos,e conseguem de maneira muito homogênea criar um hibrido entre o Black/ Death e pasmem com algumas mínimas influências de progressivo, que é na verdade um reflexo da pericia dos músicos.


Algumas participações especiais dão um brilho a mais para esse trabalho Felipe Eregion do Unearthly esta presente em Destroy the House of Há'Shem",sintomaticamente a minha faixa favorita , Guilherme Sevens da Painside( outra puta banda carioca) esta presente em The Legion Marches On, essa canção ao vivo deve ser brutal demais Rodrigo Garm do Pagan Throne esta presente em Blood Harvest"; e Pedrito Hildebrando do grande Vociferatus está presente na faixa titulo do álbum

E tem ainda uma intro pesada e climática que é Eight Paths – Initiation, Burn the Pyre como destaques, um registro gravado e mixado por Fernando Campose masterizado no mesmo estúdio do Rotting Christ o que soube deixar a sonoridade bem brutal, e oisso tudo em uma das melhores capa de 2016, simples assim.
Se Obedientia vier nessa qualidade teremos um dos melhores trabalhos de 2019 podem apostar

DARKTOWER - Eight Spears (Álbum)

1. Eight Paths - Initiation
2. Destroy the House of Ha'shem
3. Burn the Pyre
4. The Legion Marches On
5. Nameless Servants of Damnation
6. On Darkest Wings
7. Haeretic
8. Eight Spears
9. Blood Harvest



Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas