Especial Underground Extremo:90 grandes Álbuns do Metal Nacional 8/30


Hail Headbangers, Julho é o mês do Rock, mas para nós do Underground Extremo todos os dias é dia de divulgar a Cena do Metal, então decidimos ao longo desse mês apresentar trabalhos que consideramos marcantes para a cena, desde mais clássicos a mais obscuros nosso único intuito é homenagear grandes opus gostou da ideia? então acompanhe nosso trabalho e se possível compartilhe vamos fazer uma grande celebração da nossa cena:

1) Korzus - Ties of Blood:  Um dos motivos que faz um álbum ser um clássico é a qualidade das músicas que se apresentam nele , e nesse quesito esse trabalho lançado em 2004 pela banda paulista se destaca, basta dizer que músicas presentes no set list da banda até hoje vieram desse registo como a abertura com Guilty Silence , Respect, What are you Looking for, e Correria a ainda temos Evil Sight um dos registros mais pesados da carreira do saudoso André Matos.


2) Claustrofobia -Peste: O claustrofobia sempre se apresentou como Metal Maloka e foi no álbum Peste que eles realmente provaram o que isso queria dizer, até o momento o único trabalho totalmente em português, apresentou a banda no ápice de sua proposta com musicas bem agressivas como vida de mentira, peste, e bastardos do Brasil, além do encontro inusitado do samba com metal na instrumental Nota 6.66 , um trabalho que deve ser muito reverenciado pela originalidade e peso. 



3) Project 46 -Que seja feita a nossa vontade: Da bandas da nova leva do Metal Nacional o Project 46 conseguiu um enorme destaque isso porque o seu metal com elementos moderno fazia a alegria dos fãs mais novos, porém o peso e a agressividade não afastou fãs de musica extrema, isso está presente no seu debut doa a quem doer, mas é no segundo trabalho que essa formula da um passo a frente. Com uma capa provocativa e e letras mais maduras o Project coloca todas suas influencias do Rap, Hardcore, Death Metal como em Caos renomado e Erro + 55



Especial Underground Extremo: 90 Grandes Álbuns do Metal Nacional 07/30


Hail Headbangers, Julho é o mês do Rock, mas para nós do Underground Extremo todos os dias é dia de divulgar a Cena do Metal, então decidimos ao longo desse mês apresentar trabalhos que consideramos marcantes para a cena, desde mais clássicos a mais obscuros nosso único intuito é homenagear grandes opus gostou da ideia? então acompanhe nosso trabalho e se possível compartilhe vamos fazer uma grande celebração da nossa cena:

01)Unearthly- Flagellum Dei: o desafio era superar o incrível Age of Chaos, e foi surpreendente que eles conseguiram a horda carioca, foi na Polônia no Hertz Studios, e saiu de lá com um dos melhores trabalhos lançado naquelea nao (2011) "Flagellum" "Baptized in Blood" e a maravilhosa mistura de metal extremo e musica regional em Black Sun (Part 1). Acena carioca lançou nomes fortíssimos no Black Metal e o Unearthly liderava esse movimento.


02) Hangar- Inside Your Soul:  poucas vezes um trabalho de Heavy Metal /Prog, foi tão pesado, muito além de ser a banda que revelou Aquiles Priester, o Hangar é um expoente quando se fala em Metal nacional, e nesse trabalho temos: To Tame a Land, Savior, Falling in Disgrace além de um grande registro do vocalista Michael Polchowizc


03) Flesh Grinder- S.P.L.A.T.T.E.R: Os verdadeiros mestres do Splatter, não existe um fã de podreira que não reconheça a importância dos trabalhos dessa banda catarinense, e quando digo trabalho são muitos, mas o destaque vai para esse registro de 1999, primeiro por ser um trabalho completo com 12 faixas e segundo porque eles mostram que o Brasil poderia ter podreira sim fazendo frente a grandes nomes como Mortician e o gigante Carcass ouça e se delicie com sons como : Adverse Effects Seen In Immunologically Comprimised Hosts e Technics To Extract The Female Reproductive System Thru Anal Canal



Especial Underground Extremo: 90 Grandes Álbuns do Metal Nacional 06/30

Hail Headbangers, Julho é o mês do Rock, mas para nós do Underground Extremo todos os dias é dia de divulgar a Cena do Metal, então decidimos ao longo desse mês apresentar trabalhos que consideramos marcantes para a cena, desde mais clássicos a mais obscuros nosso único intuito é homenagear grandes opus gostou da ideia? então acompanhe nosso trabalho e se possível compartilhe vamos fazer uma grande celebração da nossa cena:


01)Violator: Chemical Assault - lançado em 2006, e esse trabalho é uma peça fundamental para o revival do Thrash no Brasil, na verdade essa cena nunca morreu mas é que Chemical Assault poderia ser muito bem lançado nos gloriosos anos 80, elementos de Kreator, Exodus, e a metranca e velocidade tão necessária ao estilo estão presentes em sons como"Destined to die", UxFxTx"(United For Thrash), se você não ouve a banda por questões ideológicas, sinto lhe informar que esta perdendo um dos melhores registros do Metal nacional , por simples postura besta. 


02) Torture Squad: Pandemonium-  Oquarto trabalho de estúdio do Torture Squad, apresenta na minha opinião a melhor performance do ex vocalista Victor Rodrigues, nesse trabalho estreava também na formação o guitarrista Mauricio Nogueira .Olha a trinca inicial desse trabalho “Horror Torture”, “Towers on Fire” e “World of Misery”, destaque também para Amílcar Christófaro (bateria)um monstro, hoje o Torture Squad tem outra formação mas mantem a mesma pegada Death e Thrash furiosa



03) Viper: Theatre of Fate - O Falecimento de André Matos ainda é muito recente para todos nós fãs, mas o que nos conforta um pouco é ofato de que sua obra musical, além de vasta é brilhante. Dois trabalhos do Viper estarão nessa lista, e por gosto pessoal Theatre of Fate tem um destaque importante, mesmo abrindo mão da sonoridade mais agressiva, é impossível não se impressionar com a qualidade de "At Least A Chance" A Cry from the Edge"e a irretocável "Living for the Night" um álbum que é influencia para bandas atuais e nos enche de orgulho de ter sido gravado aqui. 


Especial Underground Extremo: 90 Grandes álbuns do Metal Nacional 05/30

Hail Headbangers, Julho é o mês do Rock, mas para nós do Underground Extremo todos os dias é dia de divulgar a Cena do Metal, então decidimos ao longo desse mês apresentar trabalhos que consideramos marcantes para a cena, desde mais clássicos a mais obscuros nosso único intuito é homenagear grandes opus gostou da ideia? então acompanhe nosso trabalho e se possível compartilhe vamos fazer uma grande celebração da nossa cena:

1) Pentacrostic - De Profundis:  Fiquei muito na duvida entre esse trabalho e The Pain Tears, o álbum de estréia dessa excelente banda de Death/Doom, na verdade essa termologia só ganhou sentido com o pioneirismo de bandas como o Pentacrostic, a faixa titulo Visions of Death e Cult Of illusion,justificam a presença desse trabalho na nossa lista. 


2) The Mist- Phantasmagoria que o Thrash Metal nacional lançou trabalhos incríveis isso não é novidade para ninguém desde Sepultura, Mx, Chackal, Holocausto e coloque nessa lista The Mist- o vocal de Vladimir Korg da a tonica a um trabalho que apresenta Flying saucers in the sky"A step into the dark, Hate e note esse é so o trabalho de estreia, sem duvidas o nome The Mist voltara para essa lista


3) Ratos de Porão - Brasil: Se você ler nossa resenha do Armageddon Metal Fest irá perceber que o Ratos de Porão está tocando o álbum Brasil na integra até porque ele esta bem atual, infelizmente de Amazônia Nunca Mais até "Beber até Morrer", "AIDS, Pop, Repressão", "Crianças Sem Futuro", "Vida Animal", "Herança" poderiam ter sido composta hoje em dia, mas musicalmente João e sua trupe fizeram um dos melhores encontros do crossover, no Metal Nacional, pergunta para bandas como Violator, Surra onde se inspiraram .. e por ai . 



Especial Underground Extremo: 90 grandes álbuns do Metal Nacional 04/30


Hail Headbangers, Julho é o mês do Rock, mas para nós do Underground Extremo todos os dias é dia de divulgar a Cena do Metal, então decidimos ao longo desse mês apresentar trabalhos que consideramos marcantes para a cena, desde mais clássicos a mais obscuros nosso único intuito é homenagear grandes opus gostou da ideia? então acompanhe nosso trabalho e se possível compartilhe vamos fazer uma grande celebração da nossa cena:

1) Nervochaos: Nyctophilia Não é surpresa que o nome do Nervochaos vá aparecer nessa lista mais de uma vez destaque agora vai para o seu sétimo registro, aqui temos a saudosa Cherry nas guitarras, e verdadeiros hinos da banda como: Ad Majorem Satanae Gloriam, “Live Like Suicide” entre outras, álbum imperdível um dos melhores da discografia da banda. 



2) Krisiun: Conquerors Of Armageddon Lançado em mar/2000, e até hoje considerado como um dos trabalhops mais brutais do trio gaucho, não é exagero nenhum dizer que esse trabalho levou o Death Metal para outro patamar a faixa titulo, além de sons como: Messiah's Abomination e Soul Devourer, comprovam, o Krisiun estava no topo de onde nunca mais saiu.


3) Austhral - Tocado a Vento: Um dos pioneiros do Folk Black Metal esse trabalho de estreia do Austhral foi lançado em 2004 a banda natural de Florianópolis , decidiu buscar nos conflitos do século 19 no sul do país as fontes para a sua inspiração se você é fã de trabalhos como Finntroll, Thyrfing acredito que o Austhral irá te deixar muto satisfeito, infelizmente a banda acabou , pois teríamos mais uma grande horda vinda do Sul. 




Mundo Underground - Especial Copa América Grupo C


Hail Headbangers, chegamos na última parte do nosso especial da Copa América apresentando algumas bandas responsáveis por manter o Underground de sues países, independe de quem ganhar o torneio esperamos ter apresentado bandas de eximia qualidade para nosso leitores

Uruguai

1) Vermiforme: Com um som bem experimental passeando pelo Doom e Sludge por isso apresenta músicas experimentais, obscuras , densas e por isso maravilhosas, claro que ares de Black Sabbath são perceptíveis em toda a obra ou seja mais um motivo para ouvir os trabalhos como o mais recente lançado em 2019 Iris La condena del génesis en el lodoso valle de los gusanos.



2) Maquinaria Pesada: O Nome é genial e não deixa dúvida que estamos a frente uma banda que pega pesado, um detalhe interessante é o fato deles transitarem por vários estilos dentro do Metal tendo o Thrash/Hardcore  como estilo principal porém não único. confira seu mais recente trabalho Cuna de Mierda, um EP com cinco faixas.



Magna: Formada em 2007 com uma proposta que transita pelo Thrash, Death, e Black com algumas influências de progressivo, quem vem da técnica apurada dos músicos. Em 2013 é lançado o seu primeiro disco: En Forma Humana e atualmente eles vem trabalhando na produção do seu segundo trabalho.


Equador

1)Mentor Grind: formada com o nome de banco de Semen, e em 2014 mudou para o nome atual, sua proposta é o grind , com alguns elementos do pornogrind, seu mais recente trabalho é La maldad, super recomendada para quem curte musica que ofende a moral e os seus ouvidos


2) Kdaverium: Melodic Black Metal que iniciou sua carreira no ano de 2000,e dois anos após lançaram a demo “Apocalipsis” um trabalho que remete aos melhores momentos do Dimmu Borgir por exemplo pois eles utilizam a estrutura de melodias aliada ao peso constante. Não deixe de observar o trabalho “Tu Sangre” Atualmente KdaveriuM está integrado por: Oscar Carlosama (Voz), Alfredo López (Guitarra), Stalin Santiana (Guitarra), Santiago Rojas (Bajo), Evelyn Esparza (Teclados) Rodrigo López (Batería).


2) Vultur Gryphus: O nome pode parecer estranho mas na verdade é o nome cientifico para o Condor uma ave muito comum na América Andina, sua proposta musical é tão original quanto o nome por isso a banda mesmo afirma que não se prende a esteriótipos e gênero, mas para quem gosta de rotular não deixa de observar a banda tem elementos do Death e Grindcore como no trabalho La humanidad es carroña



Chile

Anal Flesh:  formada em 2004 com o proposito de executar um Death Metal extremamente brutal que vangloria a brutalidade sangue e psicopatia, do país chileno poucas banda atingem tal índice de brutalidade  ouça trabalho Eating Human Remains para confirmar o que eu digo 



Cadaverous Incarnate: formou se no ano de 1998 esse outro grande nome da podreira feita nas terras chilenas, impressiona como esse país tem bandas de extrema violência depois de algumas mudanças de formação e lançamentos de EPs , a banda passou por um hiato mas retornaram e lançaram um opus doentio Fetal and Majestic Rotten Incarnation



3) Suffering Dusks formou com o objetivo de resgatar as raizes do Death / Doom Metal dos inícios do anos noventa considerado por mutos a década de ouro do estilo, associado a isso entra na sonoridade elementos de Dark Ambient, o que da ares de originalidade e peso para a sua proposta, some a isso uma visão niilista do futuro da humanidade e então encontramos um trabalho memorável, recomendamos: The fall of a Dying Sun (from While We Cross the Sunset)




Especial Underground Extremo: 90 grandes álbuns do Metal Nacional 03/30


Hail Headbangers, Julho é o mês do Rock, mas para nós do Underground Extremo todos os dias é dia de divulgar a Cena do Metal, então decidimos ao longo desse mês apresentar trabalhos que consideramos marcantes para a cena, desde mais clássicos a mais obscuros nosso único intuito é homenagear grandes opus gostou da ideia? então acompanhe nosso trabalho e se possível compartilhe vamos fazer uma grande celebração da nossa cena:

Lembrando os trabalhos não estão em ranking, a ideia não é disputar e sim Honrar o Metal Nacional, ao longo do Mês - três trabalhos por postagem confira, nossa terceira  parte

1) Imago Mortis - Vida: The Play of Change: Muitos álbuns que vão aparecer nessa lista merecem o titulo de obra primas, mas indo ao sentido mais literal do conceito Vida do Imago mortis é complexo, denso, pesado, com uma parte lírica que é um verdadeiro tratado da existência humana, e a dramaticidade que é tão cara a banda chega ao seu ápice, o Imago não tem trabalhos ruins mas aqui eles desafiam o ouvinte a siar ileso dessa audição.


2) Cemitério- Cemitério: Death Metal e Terror, uma combinação mais que perfeita certo? pensando nisso o maniaco Hugo Golon assumiu todos os instrumentos e gravou esse trabalho que é uma grande declaração de amor ao Metal Extremo e aos filmes de horror B, fome animal, a volta dos mortos vivos, Natal sangrento tá todo mundo aqui, um trabalho simples, sem  frescuras perfeito para se ouvir no ultimo volume com uma gelada na mão 



3) William Shakespeare's Hamlet: um dos melhores projetos já feitos em terras brasileiras, ouse imaginar bandas de Metal melódico, Heavy, Thrash e Death Metal unidas para contar uma obra clássica da literatura, não temos aqui uma simples metal opera e sim um trabalho conceitual magistral, em tempos de Avantasia , ouvir esse trabalho é motivo de orgulho. PS: o que o é a faixa
Sweet Flavour of Justification do Santarem ...belíssima 



Especial Underground Extremo: 90 grandes álbuns do Metal Nacional 02/30


Hail Headbangers, Julho é o mês do Rock, mas para nós do Underground Extremo todos os dias é dia de divulgar a Cena do Metal, então decidimos ao longo desse mês apresentar trabalhos que consideramos marcantes para a cena, desde mais clássicos a mais obscuros nosso único intuito é homenagear grandes opus gostou da ideia? então acompanhe nosso trabalho e se possível compartilhe vamos fazer uma grande celebração da nossa cena:

Lembrando os trabalhos não estão em ranking, a ideia não é disputar e sim Honrar o Metal Nacional, ao longo do Mês - três trabalhos por postagem confira, nossa segunda parte

1) In Memorian - Insantification Nesses fenômenos que só quem vive o Underground sabe explicar, uma banda lança apenas um material e consegue tornar se um marco para a cena, tal façanha do In Memorian que no ano de 1996 lança essa blasfêmia sonora, o uso de violões e teclados e na fusão de Black e Death é impecável e muito a frente de seu tempo. Se hoje existe Underground Extremo muito se deve a Insantification



2) Deadpan - In Aliens We Trust- Viciante, acredito que essa seja a melhor definição para esse trabalho da Deadpan, a banda catarinense pratica um Death Metal técnico mas ao contrário de muitas outras bandas eles sabem dosar peso, melodia e virtuosismo, sabe aqueles sons que ficam na sua mente por dias, então é isso. 


3) Darkside - Prayers in Doomsday: junte a experiência de uma banda que está desde 1991 na estrada, com uma sonoridade Heavy/Thrash e o estrago no seu pescoço está feito, então tome bumbo massacardos na sua cara, guitarras fritando solos hora cadenciados hora mais rápidos Sacrificed Parasites é um a música obrigatória na playlist de todo Headbanger.




Notas Extremas # 51


Hail Headbangers, a equipe Underground Extremo não para, sempre apoiando o melhor da cena Nacional, confira agora nossas notas Extremas Edição 51

1)FUSILEER: Apresentando 5 músicas inéditas no ‘Guarapuava Rock City’, assista aos vídeos!

Recentemente a banda de Thrash Metal paranaense FUSILEER se apresentou no ‘Guarapuava Rock City’, que contou com outros 17 grupos dos mais variados estilos.Mas o evento não ficou marcado só pelo grande número de atrações, pois o trio levou ao mesmo um setlist diferenciado, com cinco faixas que integrarão o debut álbum, “Extreme Torture”, extasiando a todo o público presente, estamos ansiosos para esse trabalho que sem dúvida terá resenha no site.

‘Heroes Blood’: 


‘Thrash To Destroy’: https://youtu.be/XP_5RCI52HA
‘Silent Terror’: https://youtu.be/9wo2xPLrxSQ
‘Nuclear Disorder’: https://youtu.be/_E0Dy67yULs
‘Kill Or Die’: https://youtu.be/Tiv5NRjFx2c

2) Shadows Legacy: banda anuncia o desligamento do baterista Augusto Morais

Após seis anos no controle das baquetas do Shadows Legacy o baterista Augusto Morais está se despedindo do cargo.
O músico agora seguirá outros projetos pessoais. Já o Shadows Legacy continua trabalhando e em breve anunciará um substituto. No momento a banda deixa algumas palavras de agradecimento ao amigo:


"Gostaríamos de agradecer imensamente ao nosso Brother Augusto pelos 6 anos de dedicação e parceria. Desejamos a ele toda sorte e sucesso em seus novos projetos."

Augusto Morais participou da fase mais prolífica da banda  até o momento, com dois álbuns, EPS, muitas citações de revelação, melhores discos do ano e shows memoráveis. Em breve resenha do álbum aqui no site que foi eleito como um dos melhores do ano de 2018 

3) Khorium: ‘Idiocracia Tropical Contemporânea’ oficialmente lançado!


O aguardado novo trabalho de uma das bandas que mais vem chamando a atenção nos últimos tempos de nosso underground está disponível. Estamos falando do carioca Khorium  que com sua mistura de Metal, HardCore e Rap vem oferecendo uma visão ainda mais combativa da música pesada.
Seu novo trabalho é o debut álbum ‘Idiocracia Tropical Contemporânea’ que acaba de ser lançado nas plataformas digitais e pode ser ouvido em um dos links:

Spotify: https://is.gd/0dRRgT
Deezer: https://is.gd/a5qILF
Apple Music: https://apple.co/2ZUx0gD
YouTube Music: https://bit.ly/2Xz9I2c
Google Play Store: https://bit.ly/2LkivhW
YouTube (canal da banda): https://bit.ly/2ILcPvP
BandCamp: https://khorium.bandcamp.com/
SoundCloud: https://bit.ly/2KCkwX4
AudioMack:https://bit.ly/2X6Fe8k

‘Idiocracia Tropical Contemporânea’ tem a participação da Fernanda Lira (Nervosa) na faixa ‘Ainda Assim Eu Me Levanto’ que é uma versão musicada, em tradução livre, do famoso poema ‘Still I Rise’ de Maya Angelou (ativista norte americana dos direitos de mulheres, negros e minorias, amiga de Martin Luther King e Malcolm X). O álbum conta também com a participação do Luan Haddad, vocalista da banda Comboio Calibre (post-hardcore de Volta Redonda RJ) na faixa ‘Negue’.

O material foi gravado no estúdio Total Produções, produzido pelo vocalista G. Moreira, que também assina a mixagem e masterização do material. Já a capa é um trabalho de Rogério Fortes, artista que também fez a capa de ‘Manual Prático do Brasil’.



4) Backdrop Falls, acaba de lançar o video-clipe de "Out of My mess"

A faixa está presente no disco "There’s no such place as home", recém-lançado através do selo Electric Funeral Records.
O novo clipe foi concebido como sendo um espelho do vídeo da música “True North”, da banda Bad Religion. Os fans da banda californiana perceberão facilmente essa semelhança. O fato de contar com uma mulher como protagonista, registra a homenagem a todas a mulheres (punks ou não), mas que estão em luta diária para resistir a qualquer situação infeliz e a qualquer ambiente com preconceitos. O vídeo que inspirou o clipe utiliza cenas locais da Califórnia, logo, "Out of my mess" apresenta antigas bandas dos integrantes e eventos da cena local de Fortaleza, estado aonde grupo foi formado.


5) Novo cover do Drowned disponível - Pantera
Com uma proposta super bacana de gravar e disponibilizar um cover por Mês o Drowned nos apresenta sua nova versão, dessa vez a banda homenageada foi o Pantera com a música Mouth for War , confira mais um grande cover com a personalidade da banda. 




Especial Underground Extremo: 90 grandes álbuns do Metal Nacional 01/30


Hail Headbangers, Julho é o mês do Rock, mas para nós do Underground Extremo todos os dias é dia de divulgar a Cena do Metal, então decidimos ao longo desse mês apresentar trabalhos que consideramos marcantes para a cena, desde mais clássicos a mais obscuros nosso único intuito é homenagear grandes opus gostou da ideia? então acompanhe nosso trabalho e se possível compartilhe vamos fazer uma grande celebração da nossa cena:

Lembrando os trabalhos não estão em ranking, a ideia não é disputar e sim Honrar o Metal Nacional, ao longo do Mês - tres trabalhos por postagem confira

01) Eternal Devastation - Slaughterhouse:  Lançado em 2006, essa banda de Goias fazia uma mescla de Thrash (como o nome já entrega na homenagem ao Destruction) além de Kreator e algumas pegadas de Death, sensacional esse registro para fãs da sonoridade Old School


2) Malefactor - Centurian: Horda da Bahia, que já apresenta alguns registros mas arrisco dizer que esse é o meu favorito, o que dizer de sons como Old Demons, Celebrate Thy War , além da faixa titulo, Black Metal com elementos sinfônicos muito melhor que diversos clones de Dimmu borgir que dominam a cena ( tem resenha no site)


3) Somberland - Pest'Ology : Nomear um trabalho de 2017 como clássico para alguns pode parecer exagero, mas a tempos que não ouvia um trabalho tão maduro, forte, e impactante para a cena do Metal Negro, Somberland tem tudo para ser uma revelação da cena nacional se assim Satã desejar.  Tem resenha no Site



Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas