Resenha:Claustrofobia - Download Hatred (2016)


Por mais que o álbum anterior (Peste 2011) tenha sido importante para a banda em consolidar suas influências brasileiras, sendo responsável até por um inusitado Crossover entre Metal e samba, confesso que sentia falta da agressividade latente. Não que o trabalho anterior fosse leve, pelo contrário, só que "Download Hatred" eleva tudo a outro nível, e aquele papo de que Brasil é só Angra e Sepultura esta datado e vazio.



Analisando a parte técnica, a banda acertou em cheio em trazer para a produção Russ Russel que tem em seu currículo trabalhos com Napalm Death e Dimmu Borgir. Cada instrumento está bem equalizado, apresentando uma sensação de continuidade em todo o trabalho e fidelidade a proposta do claustrofobia.

 A capa produzida por Toshihiro Egawa é simplesmente a capa mais bonita da banda até hoje, cheia de simbolismos e analogias, transmitindo bem a mensagem que estar por vir.

Vale lembrar que esse cd contou com a seguinte  formação r Douglas Prado nas guitarras   Marcus D’Angelo - Vocais/Guitarras, Daniel Bonfogo – Baixo/Backing e Caio D’Angelo– Bateria, sendo que hoje o formato é um power trio com os irmãos D’Angelo e no baixo Rafael Yamada no baixo 

De uma forma geral, o novo trabalho está com menos Groove e muito mais extremo, sendo que as fronteiras do Thrash e Death metal foram apagadas e doses de hardcore estão mais explicitas. O que torna tudo muito mais violento sem dúvida.

Destacando algumas faixas o trabalho abre com a homônima ao título, um soco na cara dos haters de internet e alienados de plantão, e contou com a  participação de Shane Embury (Napalm Death) nos backings.

Sinking trás o solo de Alexandre Òrio e tem uma pegada thrash extremamente rápida, além  de um refrão marcante.

"Generalized World Infection foi a primeira música a ser liberada, antes do lançamento do cd, e vem com solo de  Moyses Kolesne do Krisiun, mostrando os laços entre essas duas forças do metal nacional. Por falar nisso, Metal or Die é uma declaração de amor ao metal.Com certeza é aquela faixa que irá levar a audiência nos shows a se matarem nos mosh.

Então, os fãs mais die hard podem perguntar: onde está o metal maloka? , aquelas letras cantadas em “brasileiro” (como a banda gosta de definir)? Pois bem,as faixas Curva e Paulada respondem às suas dúvidas. Na primeira temos mais um convidado fazendo o solo, dessa vez  Andreas Kisser do Sepultura. Na faixa Paulada,  a banda diz bem claro que esquerda e direita pra mim é tudo lixo. Poucas vezes uma banda foi tão profética em suas declarações.

Acrescentando ainda mais peso em sua sonoridade, o Claustrofobia da um passo a frente na sua discografia. Deixando bem claro que o metal nacional é feito pelos fortes, a qual o defendem  Hail Claustrofobia.




Ficha técnica


Banda: Claustrofobia
Álbum: Download Hatred
Gênero: Thrash/ Death metal
Formação: Marcus D’Angelo - Vocais, guitarras
Douglas Prado: guitarras
Daniel Bonfogo: baixo e backing
Caio D’Angelo – Bateria


Track list


1. Download Hatred
2. Blasphemous Corruption
3. Sinking
4. Generalized World Infection (Feat. Moyses Kolesne)
5. My Own Victory
6. The Greatest Temptation
7. Inverted Faith
8. Metal or Die
9. Curva (Feat. Andreas Kisser)
10. Paulada (bonustrack Brasil)


←  Anterior Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas