Melhores do ano: Black Metal

Chegou o momento de ressaltar os lançamentos mais profanos do ano de 2016, destacamos aqui opus que apresentam  sonoridades sombrias e profanações sempre bem vindas nesse estilo.
Hail Evil

1) Dark Tower: Eight Spears Um dos nomes mais promissores da nossa cena extrema vem com seu segundo trabalho e se a estreia causou boas impressões esse trabalho resume se em amadurecimento e identidade.



2) Amazarak/ Nervochaos: Ascensão do Caos :Juntas em um split uma das melhores hordas do Brasil ao lado dos mestres do Death Metal é covardia e ainda o opus apresenta se em vinil e tras as bandas fazendo releituras uma das outras fica a duvida o que é mais brutal Amazarak tocando Total Satan ou Nervochaos executando Ascensão do Anticristo. Mais que necessário tal lançamento é obrigatório na coleção de quem acompanha a cena extrema.


3) Ad Baculum - Opening the Abyss: Hemertico, agressivo e blasfemo as vezes algumas bandas aparentemente esquecem que o black metal deve soar assim porém por sorte nossa existem banda que estão com os dois pés calçados nessa proposta nos presenteando com trabalhos de qualidade ímpar, Openning The Abyss segue fielmente essa proposta 



4) Carpatus- Malus Ascendant: capa de Marcelo Vasco, produção de Dan Swano só para citar nomes mais conhecidos já entregam os preqrequisoitos desse que sem duvida é um dos melhores opus lançado na cena mundial se achas exagero comprove a fúria de Aeon Damnation primeiro single do trabalho e depois comente aqui se estou enganado.


5)Somberland: Dark Silence of Death: Três musicas mas a sensação é a mesma que eu tive ao ouvir trabalhos de estreia do Bode Preto, Malefactor ou até mesmo Dissection , aqui o único defeito é a curta duração que nos obriga rapidamente a voltar o cd, mais um grande nome obscuro que vem da cena catarinense.

 



←  Anterior Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas