{lang: 'en-US'}

sexta-feira, 21 de agosto de 2020

LVNA fest II - Online Edition: Conheça as bandas do Cast

Salve Headbangers!

O festival LVNA FEST vai acontecer online, no dia 29 de agosto (sábado), no canal do YouTube do LVNA Art. O 'cast' do evento reúne grandes nomes da música pesada nacional e também cm uma atração internacional, a BloodHunter, da Espanha e, vale destacar, todas as bandas participantes desta edição, contam com mulheres na sua formação. 

Como é de praxe aqui no site, vamos apresentar todas as bandas presentes nessa edição além de, é claro, apoiar a ação do LVNA Art do qual somos muito fãs. 

Sobre o projeto LVNA Art, em 2020 ele nasceu, como um novo espaço para exaltar a potência feminina no 'heavy' metal/underground nacional e internacional. O LVNA Art, que teve sua origem com um festival que aconteceu em Curitiba/PR no mês de fevereiro, é um time de duas mulheres apaixonadas por música e arte em geral, e também admiradoras de bandas com mulheres na formação. Nesse espaço, promovido nas mídias sociais, encontram-se divulgações de bandas, artistas em suas mais variadas manifestações, 'playlists' e muito mais! 

Essa segunda edição do festival, acontecerá de forma online e será beneficente, em prol da ONG Mulheres da Luz, que é um coletivo que busca promover cidadania e a garantia de direitos humanos para mulheres em situação de prostituição na cidade de São Paulo,  e vem realizando desde 2013, atividades relacionadas à educação, cultura, saúde, cidadania e acesso a direitos sociais. Assim como inúmeros grupos sociais, as mulheres contempladas pela ONG se encontram em situação ainda mais vulnerável por conta da pandemia. O intuito do festival é, além de promover um momento de entretenimento para os interessados e aficionados em música pesada, prestar auxílio para o coletivo. 
Então não esqueça, dia 29/08, a partir das 20:00 horas no Youtube: www.youtube.com/lvnaartfest 



Conheça as bandas dessa edição: 

1) Able to Return

Banda formada no ano de 2018 e, até o momento, apresentou dois singles Before e Gates of Madness. Pelo que mostraram até aqui, ficamos na torcida para que logo venha um 'full', pois o 'Death' Metal aliado à melodias ora mais modernas, ora mais soturnas, é cativante! 



2) Abstracted

Se você acha que o 'Prog' Metal é apenas uma sequência de escalas sem alma ou 'punch's', bem, está na hora de rever seus conceitos! O Abstracted, ao lado do Dinnamarque e do Dynahead são as minhas bandas favoritas do estilo, provando que pode sim, se fazer música técnica e com 'felling'.

 

3) AnamA

Formada inicialmente em 2011 como um duo, composto por Babi Bueno nos vocais e Caio Garibaldi nos violões e guitarras, foi no ano de 2017 que uniu-se a eles Nikolas Marcantonatos na bateria. Com a formação estabelecida, chegou o momento de expressar sua arte, e o AnamA leva esse conceito de arte muito além, como você pode conferir no som The Tale of the Reaper .



4) BloodHunter

Provavelmente muita gente só veio a conhecer essa grande banda de 'Death' Metal espanhola com a entrada de Diva Satânica no Nervosa, mas na verdade o BloodHunter já ta na estrada desde 2008 e com a entrada de Diva no ano de 2009, eles começam a ganhar destaque. Em 2013 é lançado sua primeira 'demo' "The First Insurrection" e, um ano depois, o primeiro 'full' auto intitulado é lançado, sendo uma grande estreia. Não deixe de conferir também "The End of Faith" que é o segundo lançamento e que tem um baita cover de Crystal Mountain do Death.



5) BrightStorm

Banda de Metal sinfônico formada em São Paulo no ano de 2010. Seu primeiro 'single' foi Under the Moon e ele foi responsável em apresentar a proposta musical do grupo, que em 2014, conseguiu lançar o EP "Past in Flames" e, no ano de 2017, chegaram no seu primeiro 'full' "Through the Gates". Não deixe de conferir o magnífico clipe de Let Me Fly.



6) Dark Valley

Gótico, sinfônico, 'Prog', enfim, a nossa necessidade de rotular a música encontra-se como desafio perante a arte que é feita pela Dark Valley, que apresenta um projeto parafraseando a saga de Ofélia de Shakespeare, com a realidade de lutas das mulheres. Sem dúvida, uma banda como o Dark Valley enaltece o nosso 'Underground'.



7) Divine Pain

O Divine Pain formou-se inicialmente como um projeto solo de Danilo Coimbra, guitarrista do Malefactor. Nesse formato foi lançado o EP "... Tomb of the Sun" e o 'debut' "Immortality" no ano de 2013. Agora em 2020, ele recrutou a super vocalista Tati Klingel, que conseguiu trazer ainda mais peso para a proposta do Divine Pain. Quer saber mais do projeto? Confira a nossa entrevista exclusiva feita com a vocalista no no Programa Company From Hell, no link https://tinyurl.com/y5lkdcpg



8) Endigna

Para quem ainda tem aquele discurso batido que - "Som extremo não pode rolar em português", apresento o Endigna. A banda formada no ano de 2007, conta com os vocais de Thais Amaral à frente, passando sua mensagem no meio de afinações mais baixas e muito 'groove'.



9) Fenrir's Scar

Leitores mais antigos do nosso site já sabem o quanto admiramos esse duo composto por André Baida (Vocal, Baixo, Guitarra, 'Synths') e pela vocalista e letrista Desireé Rezende. Desde o lançamento do seu 'debut' auto intitulado, que consegue ser gótico e, ao mesmo tempo, ter passagens mais alternativas e peso. E nossas expectativas para um novo trabalho estão perto de ser saciadas pois "Love | Hate | Hope | Despair” será lançado no segundo semestre agora de 2020, estamos no aguardo!


10) Final Disaster

'Death' metal melódico, 'Gothic' Metal, Metal Alternativo, Horror Metal, enfim, tem bandas que dispensam rótulos e a Final Disaster é uma delas. Já tivemos a honra de conversar com o vocalista da banda, Kitto Valim, corre lá no Mixcloud da Company From Hell e confira essa exclusiva! Ah, a propósito, a banda lançou um excelente trabalho acústico, mostrando a qualidade das suas composições.



11) FlowerLeaf

Banda de metal sinfônico que atualmente se encontra na Alemanha. Foi formada no ano de 2017 e um ano depois já estava lançando o registro "Firesoul". A ótima receptividade desse material, fez com que eles pudessem lançar o seu 'debut' que faz jus ao nome "Stonger", pois é um trabalho forte e pulsante.

    


12) Flowers To The Ground

Banda mais nova à se apresentar no festival. Formada em 2019, o Flowers To The Ground vem da capital do Ceará com uma proposta bem definida e autêntica. Nos três 'singles' lançados até agora, que precedem o trabalho "Burn It all", é possível ver que eles estão empenhados e prontos para alcançar vôos mais altos! Fãs de metal alternativo na linha do Flyleaf, essa banda irá se tornar uma de suas favoritas.


13) Hamen

Um dos nomes mais influentes da cena do metal sinfônico brasileiro! Méritos para isso eles tem, como por exemplo, o EP "Altar", lançado em 2015 e o seu debut "Unreflected Mirror”. A banda consegue mesclar momentos melódicos com peso, nas suas composições.


 
14) Inanimalia

Um movimento muito interessante vem acontecendo no metal extremo, com várias bandas fazendo sonoridades que conseguem ser originais e extremas, e o Inanimalia se encaixa perfeitamente nesse perfil. Confira, por exemplo, o seu mais recente som I am The Lion, que além de apresentar uma sonoridade densa, faz uma leitura de um ser supremo movido a vingança, particularmente curti demais a proposta.



15) INRAZA

Quais são as bandas mais recentes que vem impressionando os 'bangers'? Essa lista é realmente extensa e se entre as 'gringas', o Jinjer é um nome frequente, no 'Underground' brasileiro temos o INRAZA. Banda formada no ano de 2017, e que no seu trabalho "Sociexit" fez muito barulho, além de ter feito uma apresentação brutal na avenida paulista.



16) Lasting Maze

A Lasting Maze é uma banda de Metal melódico/alternativo formada em março de 2014 na cidade de Mossoró/RN. Começaram a sua discografia no ano de 2016 quando lançaram seu primeiro EP, o "Silent Spring" que foi produzido baseado no livro Primavera Silenciosa da cientista e bióloga marinha Rachel Carson. Atualmente estão em processo de produção de um novo trabalho e para apaziguar a curiosidade dos fãs eles lançaram o 'single' Thunder, confere aí:



17) Lia Kapp

Cantora e compositora de Curitiba/PR, é caracterizada por apresentar uma atmosfera 'dark', densa e obscura em seus trabalhos. Começou a escrever suas primeiras composições em 2014, com 17 anos, lançando-as posteriormente em 2015 em seu primeiro EP, "Conflito", que abriu portas para todo o universo criado para o álbum "Metamorphösis", de 2018. Nesse mesmo ano ela formou uma banda de apoio, visando apresentações ao vivo, e que resultou também no EP "Jupiter". Depois de mudanças e instabilidades na formação, a banda entrou em hiato e a artista voltou para o formato de carreira solo.



18) No One Spoke

Um dos nomes mais criativos que a cena catarinense já nos ofereceu. Para quem não conhece, basta imaginar o virtuosismo da música clássica se unindo a música latina e ao 'Heavy' Metal, cirando assim uma sonoridade rica em harmonia, o som do No One Spoke é único.



19) Quantum

Demorei um tempo para entender o conceito de metal moderno, na verdade tudo que leva essa sonoridade moderna me assusta, mas quebrando minha cara, temos bandas como o Quantum, que tem na sonoridade elementos do metal progressivo, do 'Djent' e do 'New' Metal. Destaque aqui para os vocais agressivos de Lo Ferrera.
 


20) Sacrificed

Já que falamos em vocal poderoso, posso afirmar que Kell Hell ao lado da Dani Noldein estão entre as minhas vocalistas favoritas. O Sacrificed surgiu no 'underground' com o EP auto intitulado de 2009, e depois emendou trabalhos de elevada qualidade como "The Path of Reflection"  e o meu favorito "Enraged". 'Manja' aquele peso que os sons do metal brasileiro tem? É por aí.



21) Sinaya

Em quesito de peso e presença de palco, o Sinaya é surpreendente! A banda formou-se em 2010 e demorou oito anos para lançar seu 'debut' "Maze of Madness". Por sorte, toda espera valeu a pena, pois temos um trabalho violentíssimo. Tive a honra de entrevistar a vocalista Mylena Mônaco e o guitarrista Bruno Kozseran, ao lado da nossa mídia parceira, o Urussanga Rock Music, confira:



22) Voccatus

Banda de metal alternativo que consegue ter influências vindas do 'pop' e do metal. O mais legal é que eles vão lançar um som novo no festival Only To Her I, vamos conferir!


Revisado e editado por Carina Langa.

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas