Resenha: Coletânea O Subsolo Vol.4

" A união é a maneira mais fácil de alcançar nossos objetivos"

A frase acima está presente nos quatro volumes da coletânea lançada pelo Site O Subsolo, e ela define bem a politica da mídia, sou suspeito para falar do trabalho pois muito antes de fazer parte da equipe sempre me impressionou a forma séria, organizada e competente que marca tudo o que leva o nome o Subsolo.

Então não é surpresa nenhuma que a quarta empreitada de coletâneas apresente um capricho começando pela belíssima  capa, feita por Rômulo Dias  a seleção de bandas, e a escolha de mídias que receberam tal material para resenhar, em contra partida fazemos nossa parte então você confere abaixo a apresentação das bandas participantes e seus respectivos sons.



1) Medjay  - Death in the House of Horus - Com uma pegada  baseada no Egito Antigo, essa banda consegue apresentar elementos do Heavy, Prog e Thrash , nessa musica em especial um clima atmosférico é surpreendente e a letra mostra um profundo conhecimento do assunto.



2) 100 Dogmas - Resistência  Um dos nome mais legais que surgiu na cena catarinense recentemente a banda é uma fusão poderosa de Pantera e Down com letras bem sacada e um diferencial de ser em português.

3) SYN TZ  - Held By The Cold: uma sonoridade poderosa, a SYN TZ é sinônimo de Heavy Metal, com a quela pegada herdada do Thrash, eles estão na estrada com a turnê Heavy Load- se puder assista um show deles um verdadeiro tributo aos Headbangers.



4) Dark New Farm - L.O.V.E:  As vésperas de lançar seu primeiro EP a banda de Nova Fazenda, mostra que não tem medo de tocar em assuntos polêmicos, L.O.V.E é uma retalhação a Homofobia, e apresenta características gerais da banda que é o uso de dois idiomas refrão marcante vocais bem variados e muito peso.


5) Lacuna - Verdade nua e crua: ótimas linhas de guitarras, e vocais excelentes,  muitas banda que enveredam para o Metalcore não possuem essas qualidades por sorte o Lacuna se diferencia dessas por ter no seu vocal e na suas guitarras um grande diferencial , sou muito fã dessa banda.


6) Muqueta na Oreia - Samba de Maria: Se o Raimundos fosse mais Metal e mais técnico teríamos um som, próximo o que faz o Muqueta na Oreia o regionalismo aqui presente se mistura de forma muito homogênica com passagens mezzo thrash mezzo harcore uma porrada que dispensa mais apresentações

7) Brutalsick- Brutal Tension Of War: Grande som dessa banda de Death Metal melódico que tem tudo para agradar fãs de Soilwork, In Flamese principalmente Fear Factory  entre outros e felizmente ao contrario dos europeus o Brutalsick não abre mão do peso nas suas composições como demonstram nessa faixa da coletânea.



8) Grim Reckoning- La Danse Macabre: Uma faixa que saiu exclusivamente nessa coletânea, para quem conhece a banda sabe que eles apresentam um Death Metal, sem dó note o trabalho de vozes meio coral que aparecem nessa faixa é algo assustador, me lembrou um pouco a trilha sonora do filme a profecia, já é uma das minhas faixas favoritas.

9) Octodemon- The Call: Uma banda difícil de classificar mas ainda mais impossível não gostar, com uma sonoridade meio Stoner, um vocal poderoso e uma cozinha que rouba a cena, o Octodemon vem arrebatando muitos fãs e ouvindo esse som fica fácil saber porque.


10) Timball - Aqui Não: Uma banda que eu não conhecia , isso é muito legal de coletâneas , pois nos apresenta sempre novos nomes, esse som me lembrou alguns ecos de Biohazard na época do Urban Disicpline, vou atras de mais sons da banda ,e aconselho que nossos leitores façam o mesmo.

11) AGP- Eletric On the Farm: O Brasil tem músicos incríveis , com reconhecimento internacional, paralelo a isso a música instrumental não tem assim tanto reconhecimento, o que é uma pena pois bandas como AGP merecem muto reconhecimento, essa faixa é uma viagem a uma fazenda elétrica, outra banda que virei fã.


12) Khorium-Idiocracia Tropical:  Esse som novo da Khorium, mostra a banda ainda mais envolvida na sua proposta iniciada em Manual Prático do Brasil, ou seja Rapcore, Metal e critica Social para ouvir e refletir, já é meu som favorito da banda e aumenta o hype para o próximo trabalho.

13) Dirty Swede- Eudaemonia: Glam/ Hard  não é muito minha praia mas simplesmente adorei essa banda só com uma musica eles conseguiram me transportar para um clima festivo, regado a muita bebida e garotas, acho que á falei isso em outras banda mas me vejo obrigado a repetir virei fã.

14) 80 Rock-  Ego: E se o Deep Purple cantasse em português, bem foi essa a sensação que tive ao ouvir o trabalho dessa banda, que som virtuosos com ares de anos 80 (jurá???) mas com uma pegada e produção excelente.

15) Distrito Zero- Facínoras: Para fãs de banda como Ponto Nulo no céu o Distrito Zero apresenta essa música que tem a participação especial de Siquieri, uma pegada Rap com elementos mais metal e Hardcore, se essa proposta te empolga vai fundo.


16) Overmist- Land of the Dead: Outra cacetada Heavy/Thrash, aqui não tem meio termo é ouvir e sair pulando com aquela pegada que levanta até defunto, se você não gostar desse som aconselho seriamente a procurar outro estilo musical.


17) Death Chaos- Gushing Blood: Death Metal , que fatalmente é meu estilo favorito então essa banda Paranaense já era conhecida por mim, e espero que com a coletânea muito mais bangers prestigiem esse massacre sonoro que atende pelo nome de Death Chaos


18)Rest in Chaos - Ego Riser: pegue uma sonoridade extremamente agressiva, uma pegada  de Lamb of God no som e letras que tocam o dedo na ferida da sociedade doente, Rest in chaos se apresenta como Thrashcore, ms livre de rótulos procure conhecer esse iminente nome da cena nacional






←  Anterior Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas