Disgrace and Terror: Shadows Of Violence e a guerra continua


Quem tem uma banda no Brasil a mais de  12 anos sabe muito bem que não é fácil se manter na cena ainda mais quando estamos se referindo a um  grupo que seja ativo da pratica do metal mais agressivo e longe do eixo  RJ SP

Então todo e qualquer tributo tem que ser pago a esses guerreiros e por isso que essa resenha se refere a  banda Disgrace and Terror com o seu debut  Shadows Of Violence lançado em 2002.


Os paraenses iriam ao longo da carreira encorpar elementos mais Death Metal a sua sonoridade mas o que você ouve nesse  trabalho é atemporal sendo que o mesmo ira fazer a alegria de quem gostar de bangear sem parar e sem pensar.

 A banda na época era composta por , Alan Rod (guitarra), Rot (vocal), Adyr Rot (bateria) e Rômulo Machado (baixo) eles tiveram a manha de gravar  12  pancadarias com as influencias de  bandas da Bay Area só que com uma agressividade que só o metal nacional sabe fazer

 Infelizmente esse debut não tem o reconhecimento que merece pois não tem como ouvir sons do naipe de  "The Sensation Is Dead”, “Infection”, “Terrorism” e “The War”,  sem querer erguer sua Air guitar  e vale dizer que solos amigos .



Sabe aquela troca de vocais que muitas bandas hoje em dia adotam pois vale dizer que o DAT  foram um dos pioneiros  e tal artificio e usado brilhantemente ao longo do play fechando tudo temos a  instrumental "and War Again" titulo sintomático porque a guerra está longe de acabar.






←  Anterior Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas