{lang: 'en-US'}

quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Dissecando EP's #28: "All the Evil" (2020) - As The Palaces Burn

Salve Headbangers!
Se tem um trabalho que nos deixou com o 'hype' mega elevado, sem dúvida, foi "End’evour" (2019), o trabalho de estreia da banda catarinense As The Palaces Burn. A união de peso, técnica e feeling' fez a gente pirar nesse trabalho e depois que assistimos a banda ao vivo, essa avaliação positiva só aumentou.

Pois bem, sabendo que a estagnação pode ser prejudicial para o seu emergente crescimento, o grupo formado por Alyson Garcia no vocal (ex-Enforcer), Diego Bittencourt na guitarra e vocais de apoio (ex-Symbolica), André Schneider no baixo (ex-Thoten) e Gilson Naspolini na bateria (O Mundo Analógico) nos apresenta um EP que, correndo o risco de cair no clichê, o único defeito dele é ser curto demais, porque a vontade de ouvir mais sons vindos desse grupo é tremenda!

O esmero e o padrão de qualidade já são marcas dos catarinenses que, para produzir esse trabalho, contam com Adair Daufembach na mixagem e masterização e a para a produção da capa contaram com Marcelo Vasco, aqui cabe um adendo, o fato de ser incrível como ele tem assinatura, você olha a arte e fala, -"isso aqui é do Marcelo Vasco!", ele consegue ser perceptível sem ser repetitivo. 


Se até aqui todo material é digno de elogios, as músicas não ficam por menos, a abertura já vem com a faixa que batiza o trabalho, e como fico feliz em ver banda que eu gosto indo cada vez mais para o lado extremo da força, claro que esses elementos sempre estiveram presentes na sonoridade do As The Palaces Burn, mas a cada audição consigo ver a banda mais pesada e aí esta o diferencial deles, pois quando você acredita que eles vão ficar nessa sonoridade, a banda injeta uma dose de melodia, imagine um encontro de Dream Theater com Nevermore e Heaven Shall Burns, só para você ter uma ideia de como eles sabem compor.  Nothing Lasts Forever existe com o objetivo de roubar a vaga de  The Devil´s Hand (do álbum "End’evour") como minha favorita, esse novo som é moderno e vem com um trabalho de voz que vai crescendo ao longo da faixa e com uma cozinha que vai te deixar pensando em como eles fizeram isso.
 

Para fechar o EP, temos mais um 'cover', dessa vez outra banda clássica é homenageada sendo ela o grande Savatage com Hall of the Mountain King e aquela coisa, 'cover' ou você toca igual ou coloca sua personalidade, nos primeiros casos acredito que sejam desnecessários, afinal, já existe a versão original não é mesmo? Agora quando a banda coloca sua personalidade, aí fica matador, você ouve e sabe que é Savatage, mas com a pegada do ATPB, tenho certeza que se caso Jon Oliva ouvir essa versão ele vai curtir!

Na resenha do primeiro álbum eu disse, -"confira o material  dessa banda o quanto antes" e agora só confirmo essa afirmação! Voa alto e longe As the Palaces Burn.

   TRACKLIST:
1) All the Evil 
2) Nothing Last Forever
3) Hall of The Mountain King

FORMAÇÃO:
Alyson Garcia – Vocal; 
André Schneider – Baixo;
Diego Bittencourt – Guitarras e vocal; 
Gilson Naspolini – Bateria.


Contatos:
Instagram: @asthepalacesburn1


Editado e revisado por Carina Langa.

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas