{lang: 'en-US'}

quinta-feira, 23 de julho de 2020

Resenha #149: "Monolith of Time" (2019) - Orthostat

Existem bandas que abraçam um estilo musical e decidem seguir a risca todas as características do estilo, e isso não tem problema algum, pois se apresentar qualidade, não tem nada melhor do que ouvir um som fiel ao seu gênero, entretanto, temos também um segundo grupo que são aquelas que saem da sua zona de conforto, levando o experimentalismo e a sua musicalidade para onde a imaginação quiser, claro que isso demanda um talento monstruoso, e posso afirmar que a Orthostat ostenta essas qualidades e todo o capricho técnico que envole seu mais recente trabalho "Monolith Of Time" comprova isso.


Formada no ano de 2015 em Jaraguá do Sul/SC a banda já tinha deixado uma ótima impressão com a audição do registro "Into the Orthostat", porém, agora nesse 'full' eles conseguem deixar bem claro a evolução musical que a banda pretende seguir, com elementos do 'Doom' e do 'death' e até, em alguns momentos, evidenciando sonoridade mais progressiva, devido a virtuosidade dos mesmos.

Outro ponto a se destacar é a parte das letras, consigo imaginar o nível de pesquisa que rolou para a banda aprofundar tanto os temas sem, todavia, ser massante,  e o mais impressionante, é que elas 'conversam' com o instrumental.

Ambaxtoi já inicia o material com gritos de desespero que indicam que as portas do inferno foram abertas! Os vocais de David Lago, mais guturais dão o norte para o som brutal que segue, Qetesh é o destaque na minha audição. A variação entre momentos mais rápidos com outros totalmente 'doom', ficaram incríveis.


Os trabalhos de guitarra, David Lago e Rudolph Hille, e baixo, Eduardo Rochinski, também são muito efetivos para criar a atmosfera densa tão desejada pela banda. Ouça Incitatus e The Will Of Ningirsu e entenda o que estou destacando. Finalizando temos a faixa que batiza a banda, que é perturbadora de tão tétrica!


Existiu um período no 'Underground' que o 'Death' metal era o estilo mais obscuro do gênero e bandas como a Orthostat rememoram essa fase, para nossa sorte!

TRACLIST:
1) Ambaxtoi 
2) Qetesh
3) Eridu
4) Incitatus
5) Baetylus
6) The Will Of Ningirsu
7) Tezcatlipoca
8) Orthostat

FORMAÇÃO:
David Lago - guitarra e vocais;
Eduardo Rochinski - baixo;
Rudolph Hille - guitarra.


Contatos:
Facebook: https://www.facebook.com/OrthostatDM/

Revisado e editado por Carina Langa.

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas