{lang: 'en-US'}

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Dissecando Coletâneas #03 - "DSBM Brazil" - Vol II

Hail Headbangers! Não faz muito tempo, nós dissecamos aqui a coletânea "DSBM Brazil"- Volume I, visando sempre promover a cena mais lúgubre do Metal Negro, chegamos agora no segundo volume da coletânea, onde as bandas apresentam sons exclusivos! Para esse registro, é claro, como já tornou-se marca registrada desse quadro, iremos dissecar o trabalho faixa a faixa.


01) Midnight Loss - Desbotado e Distante:  Um duo que sabe-se lá porque eu não conhecia, mas conhecendo-os e  já nessa música, conseguiram minha admiração. Muito a isso é devido as suas influências latentes de Nocturnal Depression, Debotado e Distante pode ser ista como uma continuação de Nostalgia de tão perfeita que é essa composição.

02) Noirgale - Fim:  antigo projeto do musico do Angustifolia, um DSBM com forte influencia do Black Metal escandinavo como os vocais mais a fundo e bases hipnóticas, se você ouvir essa coletânea em fone de ouvidos que e a melhor forma ira viajar

03) Solidão-  último ato:  pouco mais de dois minutos, o último ato é simplesmente uma despedida, com um fatídico final os vocais de Agares são outro ponto de destaque.

04)Abisma - O silêncio:  O peso do Abisma é impressionante um dos melhores projetos de DSBM brasileiro, isso porque é nítida a forma como a música passeia por estilos dentro do metal negro.

05) Antissocial - E Entre passos, ruínas:  Projeto que vem da capital federal, lançaram um EP ano passado que infelizmente não conhecia senão fatalmente estaria na lista de melhores do ano, pois o som que executam é o supra sumo do meu gosto por DSBM , ganharam um fã.

06) Drugs Save Us - Desequilíbrio químico: Poucas projetos conseguem fazer a trilha sonora da demência, o Drugs Save Us tem um trabalho perturbador no melhor sentido da palavra, apresentando ao longo dessa fiaxa um trabalho de vocais agoniantes e um belíssimo instrumental.

07) Sweet Torment - Sick Heart: Um dos projetos que vai mais na linha do Black Metal tradicional seja pela suas guitarras características até pela variação de vocal, lembro que na primeira coletânea elogiei o fato de materiais assim nos apresentarem novas bandas e isso se repete aqui, Sweet Torment é um nome que iremos ficar de olho.

08) Abyssal Pain - The Cold Winter Involve My Sorrow: tudo aqui soa como se tivesse sido gravado em algum porão da Escadinávia nos anos 90 e sim isso é um baita elogio, os vocais poderiam ser um pouco mais sombrios, mas acredito que isso sera alcançado em breve.

09) Le Délire des Négations- A Deep Melancholy... (expendable morning) projeto formado no inverno de 2017 , com um instrumental frio que leva a mudanças de andamentos muito bem trabalhadas, e mais um destaque para a agonia que vai crescendo nos vocais ao longo das faixas.

10)Allonair - Life Was Meant to Die: Twice Lophrano é o mastermind por tras desse projeto, essa musica em si tem uma belissima introdução e a medida que a m´sucia vai crescendo com a entrada dos vocais, o ambiente muda de aura ficando mais frio e sorumbático.

ASAH - Plaisir Interdit:  Abyssic Sadness and Hate: duo internacional com musico da frança e do Brasil no caso Recife, o ASAH me remeteu ao grandioso Uaral principalmente no timbre das guitarras

Solstitium - Forests, Dark Whispers: finalizando a coletânea o Depressive Black Metal acústico do Solstitium, faixa que batiza o EP lançado em 2016 , não sou fã de formatos acústicos mas esse me surpreendeu pela forma que se molda no som nos transportando imediatamente para uma floresta negra.


A coletânea DSBM Brazil - vol II nos prova que o Brasil é um celeiro de músicos extremamente talentosos e que por trás dessa aura de alegria e cordialidade do brasileiro existem  almas atormentadas e mórbidas.




Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas