Notas Extremas # 53


Hail Headbangers, hora de se atualizar nossos leitores do que ocorre na Cena Nacional, confira nossas Notas Extremas edição 53

1) Brave divulga título, tracklist e capa de novo álbum

“The Oracle” é o terceiro disco de estúdio do grupo e será lançado pela Anti Posers Records
São mais de 20 anos de estrada! Várias Demos, EPs, dois álbuns e dezenas de shows e participações em festivais.
Em “The Oracle” o Brave não apenas mantém uma tradição, mas disponibiliza-a para novas possibilidades de interpretação. E isso só foi possível porque o Brave agora consolidou sua formação com Sidney Milano (vocal), Ricardo Carbonero (baixo), Carlos Alexgrave (bateria) e Carlos Bertolazi (guitarra). 

2) THE CROSS: Apresentada a capa de “Novembers Doom – Brazilian Tribute”

Previsto para 01/08/2019, um dos projetos mais aguardados do ano, o “Novembers Doom – Brazilian Tribute”, que conta com a participação dos baianos do THE CROSS, tem finalmente sua capa divulgada.
O álbum, como o nome explicita, trata-se de um tributo brasileiro ao quinteto norte-americano de Death/Doom Metal Novembers Doom e contará com outros grandes nomes do cenário nacional, como Amaduscias, Dying Suffocation, Phantasma Nocturna e muito mais.
O THE CROSS estará executando a faixa “Within My Flesh”


3)Guitarrista Laion Roberto lança seu segundo single e vídeo intitulado “Ego is a too Much Thing”

O guitarrista alagoano Laion Roberto, radicado em São Paulo, lança através de áudio em todas as plataformas digitais e em vídeo seu segundo single parte integrante do EP “A Taste for Mojo”. O trabalho é focado em Jazz/Rock e Rock Instrumental.
O single foi lançado em todas as plataformas digitais (Spotify, Deezer, Itunes etc.) e é intitulado de “Ego is a Too Much Thing”. “Penso no título como ‘O ego é algo além da conta’ para questionar toda essa busca pelo prazer de admirar exageradamente a si mesmo. Afinal, estamos na era do ‘parecer’ e do ‘tudo ao mesmo tempo agora’. Mas você está preparado para lidar consigo mesmo? Sério? (risos)”, disse Laion Roberto.

A capa do single é sobre o livro “O estranho caso de Dr. Jekyll and Mr. Hyde (O Médico e o Monstro)”, de Robert Louis Stevenson. Nele existe o importante confronto interno entre o bem e o mal que reside em cada ser humano.

A produção, arranjos e teclas do trabalho contou com Junior Carelli (Banda Anie). Outros grandes músicos que também participaram do projeto foram Lucas Macedo (Sax alto/tenor), Marcus Dotta (Bateria) e Fábio Carito (Baixo). A ilustração foi feita pelo grande ilustrador alagoano Cristiano Suarez. A autoria da música é de Laion Roberto.


4) Caravellus: lendário John Macaluso será o baterista do novo álbum da banda

A banda Caravellus acaba de anunciar o baterista John Macaluso como um dos integrantes do próximo álbum de estúdio da banda. Reconhecido mundialmente como um dos maiores bateristas do Metal Progressivo, Macaluso tem uma lista enorme de gravações e concertos ao lado de grandes nomes do heavy metal mundial como ARK, Yngwie Malmsteen, Michael Romeo, James LaBrie, Jennifer Batten, TNT, Symphony X, Union Radio, entre outros.

“Estamos contentes de ter o Mac a bordo neste álbum e estamos ansiosos para tocar com ele após o lançamento”, disse Glauber Oliveira. “Desejamos ao nosso amigo baterista Pedro Nunes sucesso nos seus projetos pessoais, assim como nos novos planos profissionais. Obrigado por tudo, Negão!”, completou Glauber.

O primeiro single do novo álbum do Caravellus será lançado no dia 10 de agosto, no “Terreiro Fest – O primeiro Despacho a gente nunca esquece”, em São Paulo, no Aurora Club. Glauber Oliveira e Leandro Caçoilo são presenças confirmadas.

O novo álbum do Caravellus está previsto para o início de 2020, registro que encerrará um hiato de oito anos desde o lançamento do último álbum. A banda anunciou também seu novo lineup: Leandro Caçoilo (Vocal), que junta-se aos remanescentes Glauber Oliveira (Dark Avenger), guitarrista e membro fundador, Daniel Felix (Nando Fernandes) pianista e tecladista, e John Macaluso, na bateria


5) Crucificator  Liberado   “Sunrise In The Suicide Front” nas principais plataformas de streaming


Um dos principais trabalhos o War Death Metal brasileiro, “Sunrise In The Suicide Front” dos baianos do CRUCIFICATOR, já está dentre os maiores serviços de streaming do mundo.
O álbum foi disponibilizado após uma parceria entre a banda e a Sangue Frio Records


6) Cães de Aluguel divulga capa e track list de EP "Wolf In Wolf Skin"

A banda brasiliense de blues-rock Cães de Aluguel acaba de divulgar a capa e track list do seu segundo EP intitulado “Wolf In Wolf Skin”. Além disso, o grupo está em turnê de divulgação de seu novo trabalho com 12 datas confirmadas em pubs, casas de show e festivais no Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais.
“As composições do novo EP foram criadas de uma forma muito mais colaborativa que o lançamento anterior. Lançar um EP por ano está nos permitindo amadurecer tanto no processo de composição quanto gravação e mixagem do trabalho. O feedback que temos recebido dos fãs nas redes sociais após o lançamento do primeiro single “Wolf In Wolf Skin” tem sido muito positivo, acreditamos que também será assim com as demais canções do EP”, disse o guitarrista Adônis Reis.

Track-list:
1-Ab Initio
2-The Judge
3-Wolf In Wolf Skin
4-Never Talk To Strangers
5-The Ballad Of The Barbarians



7) Psychotic Eyes reúne formação original e anuncia novo EP
E lá se foram 20 anos...
Qualitativamente, o Psychotic Eyes fez muito nesse período!
Foram algumas demos, dois discos de estúdio, e um EP que mudou a história do metal para sempre! Afinal, “Olhos Vermelhos”, lançado em dezembro de 2018, foi o primeiro registro acústico de death metal da história!
Em 20 anos pôde-se esperar mesmo de tudo do Psychotic Eyes, menos o óbvio. E uma reunião da formação original da banda, duas décadas depois, não parece algo comum.
Pois foi o que aconteceu.

Dimitri Brandi (vocal/guitarra), Reinaldo Rodriguez (guitarra), Aldo Assada (baixo) e Alexandre Tamarossi (bateria) estão tocando juntos novamente. Essa mesma formação que deu origem ao Psychotic Eyes em 1999, promete lançar um EP com três faixas: "Uma nova, uma velha e um cover do Arch Enemy, banda que surgiu na mesma época que nós e era uma das referências sonoras naquele tempo", revelou Dimitri Brandi que ainda comentou sobre os bastidores dessa reunião: “A conversa foi tranquila, nem tocamos nos problemas que levaram à separação da banda. Página virada totalmente.”

Reinaldo Rodrigues foi quem plantou as sementes desse retorno da formação original do Psychotic Eyes.
"Vinte anos após o término da formação original, me pego juntando umas fotos antigas e editando um vídeo, com a música “Sold to Soul”. Postei o vídeo, marquei todos e o Alexandre comentou sobre fazermos uma nova versão da música. Curti demais a ideia e já fui agitando as reuniões. Tive a oportunidade de me encontrar primeiro com o Aldo. Falamos sobre os novos tempos, já que muitas coisas haviam mudado. Mesmo com todos os pontos, a reunião com a formação original foi muito tranquila, transparente e vimos que nossas ideias bateram mais do que imaginávamos. Foi sensacional rever todos juntos. Se preparem, porque vem muita sonzera por aí! O Psychotic Eyes voltou!"
No ano em que o Psychotic Eyes celebra seus 20 anos de carreira, passado e futuro se encontram. Não trata-se apenas de uma tendência saudosista, mas de uma vontade de se possibilitar ao novo a partir de uma tradição, como demonstram as palavras de Aldo Assada.
“Esse interim foi importante para mim, embora não fosse o ideal que desejei para a banda 20 anos atrás. Este intervalo de 18 anos de ausência na banda me ajudou a crescer espiritualmente e musicalmente. Foi bastante enriquecedor trabalhar com música e tocar outros estilos, aprendendo a linguagem de cada uma delas. Creio que vai agregar nesse material e outros que estão por vir. Tenho uma expectativa bem alta para a nossa volta”.

Mais detalhes sobre o novo EP do Psychotic Eyes e planos dessa reunião da formação original serão divulgados em breve.

8) Hammathaz: ouça o single “So It Comes” com produção de Thiago Bianchi
A faixa fará parte do álbum de estreia do grupo que está sendo gravado no Estúdio Fusão

O Hammathaz já é um nome bastante conhecido no underground nacional. Afinal, são mais de 15 anos de carreira!
Banda estradeira, conseguiu formar seu público muito mais através de apresentações ao vivo do que lançando material de estúdio.
Já fizeram shows em várias regiões do Brasil, participaram de importantes festivais como Virada Cultural e Grito Rock e abriram para bandas renomadas como Angra, Shaman, Ratos de Porão, entre outras.
Mas em termos de estúdio o Hammathaz também acumula experiência. Sua discografia é formada por duas demo-tapes (“Antahkarana” de 2006 e “Downfall” de 2009), dois EPs (“Crawling” de 2011 e “Inner Walls” de 2013) e três singles (“Cursing” de 2010, “Enslaved” de 2012 e “So it Comes” de 2018).
“So It Comes”, o trabalho mais recente do Hammathaz em estúdio, é na verdade uma prévia do álbum de estreia da banda que é previsto para 2020 e está sendo gravado no Estúdio Fusão em Cotia/SP com produção de Thiago Bianchi (Noturnal/Shaman).
“So It Comes” é a síntese do desenvolvimento musical e identitário pelo qual o grupo passou durante essa uma década e meia de estrada: um diálogo contemporâneo entre o thrash e o death metal que claramente idealiza o novo!

De acordo com Anderson Andrade, baixista e membro fundador do Hammathaz, a proposta musical de “So It Comes” é uma consolidação, mas não um fim.
“Quando começamos a banda não tínhamos um caminho definido a ser seguido”, comenta o músico que é o único remanescente da formação original do Hammathaz. “As primeiras músicas foram nascendo de forma natural e elas espelhavam o que a maioria de nós ouvia na época, muito classic rock, metal e progressivo. A primeira demo tape do Hammathaz acabou soando como um metal progressivo, com músicas longas de até sete minutos. Com o passar do tempo passamos a estudar mais e ampliar nossas possibilidades musicais. Na verdade desde o início eu tinha um desejo de que a banda soasse mais pesada, e foi então que partimos por essa direção. O primeiro passo foi adotar os vocais guturais, e com a mudança de integrantes e entrada de novos músicos, priorizamos àqueles que tinham esse perfil. A partir de 2006 o Hammathaz já era uma banda que seguia pelo caminho que estamos hoje: afinação baixa, peso e agressividade. Mas apesar de ‘So It Comes’ representar o que eu sempre desejei para o Hammathaz em termos de sonoridade, ainda há muitas possibilidades em aberto para os próximos trabalhos”



9) Oldlands lançando o clipe para a faixa  “I Just Want To Die”

Depois de um grande e positivo destaque na imprensa especializada acerca do debut álbum “Source Of Eternal Darkness”, o OLDLANDS acaba de divulgar o primeiro videoclipe do mesmo.
O ‘one-man-band’ usou a faixa “I Just Want To Die”, mostrando um pouco mais do espírito gélido, ríspido e sombrio da banda, assista agora:



10)Tigersharks anuncia lançamento de single "Born Lost"

O Tigersharks retorna a cena com seu novo single intitulado "Born Lost" em todas as plataformas de streaming via Electric Funeral Records no dia 2 de agosto.

Nascido em Porto Alegre, o power-trio Tigersharks, apresenta um skate punk rock avassalador, com riffs pesados e rápidos podendo notar as influências que formam o som da banda, que navega desde do punk rock ao stoner e não deixa de passar pelo hardcore em sua pegada.

"Born Lost" é uma música simples e rápida. Onde o minimalismo do hardcore agrega à mensagem passada pela letra. A música fala sobre medos e inseguranças de um jovem niilista, abordando o sentimento de não pertencimento em nenhum lugar desse mundo, angústias pós adolescência e insatisfação com a vida amorosa, no trabalho, família, sem amigos e sem nenhuma razão específica pra estar aqui. Em um mundo onde todo mundo é (ou aparenta ser) feliz, alegre e saudável, a vida real é bem menos encorajadora que o instagram.

O novo single apresenta um instrumental rápido, onde a bateria vem com peso e com a sensação de um soco no peito em cada batida, criando uma atmosfera dinâmica com a levada de uma guitarra estridente e arranhada.

11) Warshipper fará sua primeira turnê na Europa em setembro

A banda sorocabana de death metal Warshipper, se prepara para sua primeira turnê europeia que se iniciará em 19 de setembro, ao lado da banda de death metal mineiro Necrobiotic.

Durante a turnê “Symphonies for the Atheist Over Europe”, a ser realizada pela produtora brasileira de booking Songs For Satan, a banda irá promover seus últimos lançamentos, o full length “Black Sun” lançado no início de 2018, e seu mais novo single intitulado “Atheist” lançado pela Songs for Satan, em fevereiro deste ano.

Na estreia em solo europeu, o som extremo do Warshipper passará por países como Alemanha, Holanda, Bélgica, República Tcheca e Eslováquia.




←  Anterior Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas