Dissecando Eps # 04 Eskröta - Eticamente Questionável


Tão Urgente como a sua música é a  sua mensagem,  é assim que podemos narrar de maneira muito simples a ascensão da Eskröta, o agora trio formado por Ya Amaral (guitarras e Vocal) Tamy Leopoldo(Baixoe Backing Vocal) Miriam Momesso (Bateria e Backing Vocal) foi fazendo seu nome na estrada com apresentações energéticas e discurso afiado, faltava um registro em estúdio e ele veio em forma de EP que vamos dissecar agora Eticamente Questionável.

Chama atenção a bela capa com uso bem legal de cores méritos para Victória Santos que soube retratar bem a mensagem da banda, tanto que essa capa ficou entre as melhores do ano na votação do site o Subsolo. 

A produção e mixagem também estão muito boas e ao ver o s nomes envolvidos entendemos porque: Andrey do Estúdio Válvula 9 (vocais). Léo Mesquita (Surra) do Estúdio Warzone e masterização por Prika Amaral (Nervosa),pelos nomes citados não nos assuta que o Thrash /Crossover da banda seja tão empolgante e em 17 minutos somos levados a bangear e a pensar no que as minas tem a dizer.

Desumana ação é uma bela Intro e o vocal de Yasmin é sujo agressivo mas ao mesmo tempo bem fácil de entender isso é um mérito, destaque também para a levada de bateria muito bem encaixada e os refrãos são marcantes ao longo da audição não se assuste se você sair cantando alguns deles por dias
Bife do inferno é uma velha conhecida dos fãs só que aqui ela ganhou uma nova letra, chama a atenção os backing vocal feitos por Tamy que dão um contraste bem interessante para a faixa , alem de essa ser aquela com pegada mais punk de todo o trabalho.

Episiotomia"além de uma letra brilhante, abordando um tema pouco conhecido, tem um trabalho de bateria muito forte e uma quebra de andamento no refrão e um solo curtinho mas muito legal. 

Crime Hediondo, como o nome já entrega faz referencia ao estupro, e os vocais de Yasmin estão ainda mais agressivos, sem tolerância com o estuprador, tive a chance de ver a banda ao vivo no Maniacs e essa musica ficou ainda mais extrema, principalmente o grito no final. 

Executável começa de uma maneira mais lenta e o baixo dando um peso para faixa, que se transforma em um Thrash visceral quero destacar aqui a variação de vozes que ficou muito boas. 


Eticamente Questionável, tem a função de nomear o trabalho e se for para apresentar a Eskröta para alguém começaria com essa música, ela tem todos os elementos da banda e ainda apresentam um caminho que pode ser aproveitado no futuro

Mulheres tem trinta segundos mas vai fazer os detratores  da banda se doer por dias pois ela expressa simplesmente tudo que elas tem a dizer por meio de três frases, simples direta e certeira uma ótima forma de fechar um EP

A cada audição do trabalho fica a certeza que o sucesso que a banda vem atingindo é mérito de muita garra , honestidade e coerência com a sua mensagem, e que venha um trabalho completo.



←  Anterior Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas