Uma Alma Cósmica:Em memória de Chuck Schuldiner.



17 anos se passaram e sem dúvida muitos outros passarão e sempre iremos compartilhar da mesma opinião o legado de Chuck Schuldiner. será eterno esse texto é uma pequena homenagem e uma forma de dizer obrigado Mestre por tudo. 

Charles Michael Schuldiner nasceu em 13/05/67 em Long Island/NY, e desde muito cedo teve contato com a música. Aos 9 anos de idade começou a tocar violão como forma de terapia, pois havia perdido seu irmão de forma trágica em um acidente de carro, passando para a guitarra pouco tempo depois. Quero comentar aqui de maneira muito breve a discografia da banda, pois esse é o seu legado eterno. 


Sua primeira banda foi formada aos 16 anos isso no ano de 1983 o Mantas banda que seria os primórdios  do Death, porém foi em 1987 que temos o primeiro lançamento Scream Bloody Gore, com capa de Ed Repka o trabalho é extremo grosso sujo e feio ou seja perfeito com as clássicas: Zombie Ritual, Evil Dead e Scream Bloody Gore 


1988 Leprosy com um time formado por além de Chuck é claro Rick Rozz (guitarra), Bill Andrews (bateria), Terry Butler (baixo), a técnica esta aqui mais apurada do que no primeiro trabalho basta dizer que e nesse trabalho que encontramos Pull the Plug e a faixa titulo 



1990-   Spiritual Healing, com uma singela homenagem ao líder religioso Jim jones esse trabalho é perfeito a banda esta com letras menos gore e e mais profundas além da faixa titulo temos Genetic Reconstruction e Low life.



1991- Chuck não sabia o significado da palavra férias (ainda bem) por isso sem muitos intervalos  é lançado Human  que teve teve Digiorgio (baixo), Sean Reinert (bateria), Paul Masvidal (guitarra) completando o time que é sem duvida uma das melhores formações que o Death já apresentou, vou dizer apenas um título Lack of Comprehension.

1993- Individual Thought Patterns é tudo aquilo que muitas bandas de Death e Prog procuram fazer e nunca conseguiram o peso as melodias as influencias vindas de outros estilos tudo isso esta aqui, ah esta aqui também Andy LaRocque na guitarra, Gene Hoglan na bateria e Steve DiGiorgio, no baixo e desse time tivemos The Philosopher, Trapped in a Corner.



1995 é lançado o melhor álbum de Death metal da história( na minha opinião) Symbolic apresenta não só as melhores letras da banda como composições progressivas e pesadas, a faixa titulo, Zero Tolerance e Crystal Mountain são perfeitas ,minha primeira banda chamava se Evil Returns por causa dessa música. 


1998 - The Sound of Perseverance, nos remete a busca de um artista pela perfeição , ele poderia ficar muito bem acomodadndo e lançando scream bloody gore parte 2 mas ele foi além Thrash, Death, Prog está tudo presente aqui Scavenger of Human Sorrow, Spirit Crusher e o cover de Painkiller do Judas, não sabiamos que esse álbum era um adeus mas algo tem que ser dito ele é atual e da vontade de mostrar esse trabalho para a galerinha que se acha pesada com seus metalcore alegrinhos.


Para finalizar convidamos alguns músicos e nossa equipe para responder essa pergunta: A importância do Death para a música extrema e que som indicaria segue as respostas:

Death sempre será minha banda de metal extremo favorita, a historia de vida do Chuck o torna para mim um ídolo dentro e fora dos palcos, ainda espero um dia que sua vida seja registrada no cinema pois sua biografia é tão fantástica como sua musica. Difícil indicar apenas um som mas para começar Crystal Mountain
Harley Editor do Site Underground Extremo


O Chuck com certeza eh a minha maior influência tanto quanto na música quanto na maneira de ver as coisas e a importância do Death para o metal extremo eh enorme pois a partir dai que surgiu a parte técnica no metal , os álbuns do death são pura técnica e velocidade , antes disso era só uma linha reta.O som que eu indico e que tocamos TB na Cosmic Soul banda tributo ao Death eh a Overactive Imagination , temos um show de estréia previsto para março de 2019 em Blumenau.

Malária das Trevas Cosmic Soul 



Se existe Viletale é porque existiu o Death, indico O cover que a Viletale fez para Evil Dead
Bruno Jankauskas Viletale 


Para mim a importância do DEATH para a cena extrema é servir de inspiração e exemplo para muitas bandas do Metal em geral, pois é raro encontrar um músico ou banger que nunca ouviu um solo matador do Chuck. Essa inspiração que citei é representada em covers, muito treinados para serem apresentados, pois fazer cover do DEATH, não é para qualquer banda, assim como em composições de letras e riffs, pois são muitas as opções de sons!
Escolher uma música fica difícil em meio a tantas que a banda possui, mas como a homenagem é mais particular a Chuck Schuldiner, selecionei uma que possui um solo bem característico desse guitarrista que é do capeta!!! Falo de "Spirit Crusher", vejam a apresentação ao vivo e entendam o que estou falando!!!
Carina Langa: Editora do Site Underground Extremo 


←  Anterior Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas