Dissecando EPs Crotch Rot: Pata de Camelo: Pornograficamente insano


Não tem jeito depois da apresentação da Crotch Rot no Maniacs Metal Meeting, virei fã da banda, e não perdi tempo para adquir o material deles no caso o EP Pata de Camelo sendo que recebi da guitarrista Cynthia os trabalho da Terrorgasmo. e o split da Crotch Rot com o Shitfun (que em breve serão resenhados aqui)
E o que faz essa banda de Curitiba tão especial: bem ai posso afirmar que poucas vezes presenciei um gore grind agressivo, furioso , rápido e com letras que mostram o dedo do meio para a moral e bons costumes em 9 musicas sendo que o trabalho foi gravado pela seguinte formação Ângela (baixo) Cynthia (guitarra), Muringa (vocal) e Magno (bateria)
Então na estreia do Dissecando EPs apresento para vocês Pata de Camelo:



Um som de Funk Carioca abre o trabalho mas logo já começa a pancadaria de Orgia de Crackudo, onde podemos imaginar uma linda cena romântica onde mendigos e usuarios de crack praticam um amor livre nas ruas. Caso não tenha percebido a Crotch Rot faz um humor de extrema acidez e ironia sendo uma característica fantástica da banda.


Feitxaria vem na sequencia mantendo a variação de vocais , e um trabalho bem legal de bateria, Molho Madeira é uma música que nunca pode ficar de fora das apresentações da banda e veja o lirismo romântico desse trecho:
Enquanto os odores da carne mijada / ativam e salivam o meu paladar O sangue que jorra entre suas pernas/ é o doce nectar que me alimenta.

Kid Bengala é uma justa homenagem a esse grande ( em vários sentidos) com vocais ainda mais extremos, sendo ironicamente a faixa mais curta com 48 segundos .Cachorro transante narra uma tara muito estranha que termina em amputação

Meritocalcinha, e Pata de Camelo mantem a acidez da mensagem bem provocativa fazendo a festa dos amantes de podreira pelo seu ritmo contante e bataria retranca, sendo que o refrão de meritocalcinha ira grudar na sua mente. Vale destacar os vocais de Muringa e seus pig vocals que não podem sair de um sujeito normal. Pornotube começa com uma narração que se for verídica só prova o quanto o brasileiro é sem noção,e depois disso é só pancadaria e para finalizar de quebra temos um cover de Rompeprop, com a belíssima "Pikzwarteflikkerkak"

Uma estréia desgraçada, sendo que  a banda passou por mudanças de formações até se consolidar e chegar na apresentação do Maniacs onde conquistaram mais um fã dessa sonoridade depravada






←  Anterior Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas