Especial Maniacs Metal Meeting 2018 - Sons que não Podem Ficar de Fora Parte 05

Hail Headbangers,nossa contagem regressiva continua, faltam 4 dias para um dos maiores eventos de Metal do Brasil e chegamos na quinta parte do nosso especial que além de apresentar as bandas do festival, arriscamos os sons que não podem ficar de fora do festival então segue nossas indicações:

Cemitério: Cemitério é uma das bandas que mais quero assistir no festival, e falo isso com tranquilidade, isso porque desde que ouvi o trabalho auto intitulado, virei fã da proposta musical e temática que misturam Death Metal da velha Escola com filmes de terror, principalmente filmes B e Gore, como a Noite dos mortos vivos, e Natal Sangrento. Por trás desse maravilhoso projeto temos a mente perturbada de Hugo Golon,Vocais e todos os instrumentos)  sendo que ao vivo a banda recrutam também:  Henrique Perestrelo - Guitarra,Rodrigo Costa - Guitarra, Douglas Gatuso - Baixo,
Evandro Junior - Bateria,além do trabalho auto intitulado, teremos também músicas do EP: Oãxiac Odèz

1) Quadrilha de Sádicos do cd Cemitério:

2) A casa do cemitério/volta dos mortos vivos: https://www.youtube.com/watch?v=1CSo2KGDa5A

3) Sexta feira 13: https://www.youtube.com/watch?v=MmQmaFKv-K4

Creptum:  Uma das orimeiras hordas que tivemos o prazer de entrevistar aqui no site, isso ocorreu a quatro anos atras, e desde a formação no ano de 2001 a horda carioca se mantem fiel ao Black Metal, rispido , frio e impiedoso. No ano de 2003 a horda lança o trabalho “...make this world burn”, sendo que após algumas mudanças de formação a banda lança o forte The Age Of Darkness.  
Após esse lançamento a banda entra em um hiato que duram oito anos , sendo que o retorno triunfal veio com  Of Lies, Curses and Blood mostrando que a cena do Metal Negro nacional é imortal


1) On The Pale Horse do álbum Of Lies, Curses and Blood


2) Agaisnt the lies do álbum Of Lies, Curses and Blood   https://www.youtube.com/watch?v=X03kqYh38aM&list=PLzx-XtR6DY2FsvZSjpKHle96pGRl83aJ_



Facada: Um dos nomes mais fortes da cena extrema nacional, o simples fato de termos o Facada em palcos catarinenses já é motivo de êxtase, pois poucas banda conseguem ser tão geniais na arte da brutalidade formada no ano de 2003, sendo que foi em 2006 que lançaram o seu primeiro trabalho, o super indicado Indigesto , o ano de 2010 é marcado por mais um fortíssimo lançamento O Joio, e realmente isso separa a banda das demais pois o que temos aqui é um marco para o extremismo. E se não bastasse ainda temos Nadir e Quebrante que foi lançado esse ano.
Com 15 anos de Banda o Facada vai provar nos palcos o que é grindcore, prepare o bucho pois a violência será cortante.

Feliz Ano Novo Do álbum Quebrante:

Amanhã vai ser pior do álbum Nadir: https://www.youtube.com/watch?v=O33DZ7-IoN4&list=PL_x7dFW4rxc6iRk_S1Q1ZklGv1poV93Zm


←  Anterior Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas