Hutt: O Apocalispster começa aqui


Quem acompanha nosso site sabe, que somos aficionados por Grindcore, e nossos leitores também afinal de contas todos nossos textos de grind sempre estão entre os mais acessados , e nos enche de orgulho poder afirmar que em termos do estilo mais anti musical o Brasil é muito bem representado, com nomes que são referencias a nível mundial como Desalmado, Facada, Are you God, Os Capial, Hauser, Test e claro Hutt que apresenta nesse novo trabalho um novo ímpeto na arte de desgraçar nossos ouvidos.

O Hutt tem a manha de misturar criticas sociais( que são extremamente necessárias nesse estilo) com um fanatismo pelo horror e gore como esta explicita nessa belíssima capa uma das mais legais da banda até agora ,que  remetem aqueles cartazes de filmes B da década de oitenta, muito presentes no extinto cine thrash da band

Mesmo quase alcançado os 18 anos de banda, a discografia do Hutt é pequena sendo que esse trabalho vem após Monstruário lançado em 2011,e se fosse qualquer banda a espera não teria valido a pena mas estamos falando de Hutt, o que credencia qualidade e extremismo


25 canções espalhas em 26 minutos, não preciso dizer mais que isso, a audição desse trbalho tem o poder de fazer você ficar em estado de choque Marcelo Appezatto é insano seus vocais passam ódio e sarcasmo, aliados ao baixo na cara de André e as guitarras endoidecidas de Liandro, fico imaginando a insanidade que deve ser o processo de composição desses caras, repare como Serão os Esquimós Índios em Iglus” tem poucos segundos e te nocauteia Flores, velas e caixão que abrem o trabalho já de maneira insana  e segue Seja Bem-vindo ao Circo , Hutt , Desempregrind”, tiro e teco , Salve, seria redundante falar de todas as músicas basta pensar que esse trabalho é uniforme e não vai te dar muito tempo para pensar no que acabou de te acertar te obrigando a apertar o repeat do seu toca cd (sim eu sou velho e sou da época do cd mesmo)

Contribuem para a criação desse monstro Marcelo Choukri, que gravou as bateria, e a mixagem de Ciero e André Stuchi, e masterização de William Blackmoon, sabe aquela nossa lista de melhores do ano que tradicionalmente fazemos aqui no site? Pois bem já tem mais uma vaga ocupada. Ah a tempo de dizer que esse material você encontra para venda com a Black Hole Productions segue o link ai: http://blackholeprods.com/pt/albums/apocalipster-cd/

Ps:Hutt está confirmada no Maniacs Metal Meeting 2018 estaremos lá.

Hutt: Apocalipster (2018)

01. Flores, Velas e Caixão
02. Perdedor
03. Tiro e Teco
04. AUSC
05. Estopim
06. Nasceu pra Ser Inglês
07. Ressurreição do Rico
08. Fume
09. Sete Palmos de Esperança
10. Serão os Esquimós Índios em Iglus
11. Carimbador
12. Seja Bem-Vindo ao Circo
13. HUTT
14. Burzulão
15. Faniquito Sorumbático
16. Danzig In Tha Rain
17. Salve
18. Eldorado
19. Shurimburi
20. Trágico e Não Letal
21. Desempregrind
22. Papai Sabe Tudo
23. Sem Alma na Alba
24. Restou Você
25. Medusa

Hutt é:
- Appezzato (Vocal);
- Liandro (Guitarra) ;
- André (Bateria).

←  Anterior Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas