Resenha: Exorddium Leviatã - Desperta a besta dos mares

Chegando no seu segundo cd, a banda de Contagem/MG vem com a proposta de resgatar o Metal feito aqui no nosso país, principalmente na década de 80, para quem não esta familiarizado, o que é apresentado é um metal com instrumental forte e letras em português, com odes ao estilo de vida dos verdadeiros headbangers.



Feita a apresentação do estilo é possível dizer que a Exorddium vem evoluindo a sua sonoridade, se comparamos esse registro com o primeiro trabalho “Sangue ou Glória”, fica evidente que a habilidade técnica dos músicos melhorou e a troca de vocalista, fez bem para banda, mesmo que em algumas passagens o vocal apresente uma sensação de ser mais forçado, mas acredito que a experiência de palco e até mesmo em estúdio, foi o que corrigiu tais falhas.

As sete faixas do cd são bem homogêneas, o instrumental muitas vezes rouba a cena, como na faixa título “Leviatã”, que possui uma excelente levada, “Irmãos do Metal” é um chamado para os headbangers e tem um refrão bem cativante, “Coração de Aço” e “Filhos da Noite” tem um pouco de hard nas suas linhas, o que as tornam bem interessantes.

A parte gráfica é simples, mas remete bem a ideia geral do trabalho, acredito que o Exorddium deve ganhar ainda mais peso ao vivo, e muitos refrões ficam na nossa memória por muito tempo.
De maneira geral Leviatã mostra uma banda fiel aos seus propósitos, é formada por músicos talentosos que curtem Heavy Metal e se essa descrição confere contigo leitor, a banda Exorddium é uma grande indicação.


Exorddium é:

Eduardo Bisnik- vocal
Fernando Amaral- Guitarra
Paulo Cesar- Baixo
Jailson Douglas- Bateria


Faixas
01 - Oceano das almas perdidas
02 - Leviatã
03 - Hail
04 - Irmãos do Metal
05 - Coração de aço
06 - Brinde á vida
07 - Dama das sombras

←  Anterior Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas