Anthares na Força e no Caos

                                     

Demorou mais aparentemente os headbanger brasileiros começaram a olhar com mais cuidado para o metal nacional, não que a situação esteja muito melhor porém ações como o Levante do Metal Nativo e o fato de muitas banda estarem optando por cantar em língua tupiniquim mostram que o metal nacional a passos curtos encaminha se para uma valorização. Porem nada disso teria menor sentido se não fossem os pioneiros, aquelas banda que vencendo todas as adversidades começaram a trilhar a longa estrada do metal nacional

Nesse perfil impossível não destacar o Anthares que marcou seu nome na cena com o destruidor "No limite da força" porém a banda depois de um certo período de inatividades decidiram voltar a ativa com uma nova formação e mostrando que ainda tem muito para contribuir para nossa cena ,sendo assim a melhor forma de demonstrar isso é com um novo trabalho e foi lançado ano passado o segundo registro o "Caos da Razão" e com é bom ouvir metal feito por quem sabe


.

Tive a chance de ver a banda no agora finado Zoombie Ritual e lá eles apresentaram a faixa que abre esse trabalho " Sementes Perdidas " uma porrada com riffs certeiros e agressivos, na mesma pegada temos "Ócio" e a faixa titulo, destaque aqui para o vocal de Diego Nogueira. que se mostra uma escolha mais do que acertada para a banda. Além dos trampos de guitarras que evoluíram e muito comparando com o trabalho anterior.

Tanto tempo na cena com certeza os caras tem algo a dizer por isso ouça atentamente " No Poço do Obscuro", Mercador da Fé", e a diretíssima "Pesadelo Sul Americano"

O Caos da razão não marca apenas o retorno de uma das mais clássicas banda da cena como mostra a força do metal feito por paixão, e que não tenhamos que esperar mais vinte anos por um próximo trabalho.



Hail Anthares

Stay Evil

Faixas :

 1 Sementes Perdidas

 2 Ócio

O Caos da Razão

No Poço do Obscuro

Dor Imortal

Mercador da Fé

Pesadelo Sul-Americano

Sonho Negro

Corporação do Terror

Canibal

Formação :

Pardal Chimello - Baixo

Diego Nogueira - Vocais
Mauricio Amaral – Guitarra

Eduardo "Topperman" Scarellis - Guitarras

Evandro Jr. - Bateria


Texto escrito por: Luiz Harley Caires
←  Anterior Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas