{lang: 'en-US'}

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Resenha #26: "Spiritus Diaboli" (2014) - Spiritus Diaboli

O mal nasce em nossas almas! 

Naquelas famosas rodas de 'banger's' pré e pós show's, um dos principais assuntos é sempre o alarmante fato de que nossos mitos estão morrendo e temos medo do que ocorrerá com a cena do metal. Entretanto, é gratificante vermos que a essência do metal negro está mantida à cada nova banda que conhecemos e temos a certeza de que a mensagem anti-cristã ainda irá abalar muito as fracassadas estruturas religiosas. Tal ataque agora é perpetuado por uma 'horda' vinda de Corupá/SC, me refiro à Spiritus Diaboli.

Passando por reformulações, trocas de integrantes e até mesmo de nome, a horda foi pulando cada etapa, que serve na verdade de preparação para separar os fortes dos fracos, e no ano de 2014 lançaram seu 'opus' auto intitulado. O resultado de tal conjuração satânica, resenharemos aqui nas linhas que seguem este texto.


O 'opus' abre com a faixa que denomina a horda, e não poderia ser uma escolha mais feliz para batizá-la. Instrumentalmente a canção vai crescendo, até explodir em um refrão bem grudento. Me lembrou os bons tempos do Opera IX, na época que a Cadaveria assumia os vocais.

A mesma levada que nos remete ao 'Black' Metal escandinavo, pode ser ouvida em  Acheron, e Galgen que me remeteu à alguns momentos do Darkthrone, claro que devida as proporções, mas é gratificante ver que a horda foi beber das melhores fontes, no que diz respeito ao metal negro.


Todas as trocas de integrantes fizeram bem para o grupo, que vem se mostrando mais coeso, mostram aquela afinidade musical que muitos grupos buscam, isso é bem perceptível em WarThe Slender Man e na viajante Rain. Mas, na minha opinião, essa horda tem um hino, que se chama Curse Of The Widow, pois possui toda uma aura da música negra e satanismo.
O amadurecimento com certeza será o caminho da horda, mas já começaram com a certeza de suas ideologias, o que é realmente uma grande vitória!
Hail Spiritus Diaboli!

TRACKLIST: 
1) Spiritus Diaboli
2) Acheron
3) Galden
4) Blood of the Devil
5) Rain
6) War
7) Curse of the Widow
8) The Slender Man  

FORMAÇÃO:
L. Scarlet (Larissa Meurer) - vocal;
T. Curwen (Tino Barth) - guitarra;
Santa Ceia (Marcos Danna)- guitarra;
Shai-Hulud (Fellipe França) - contrabaixo;
 BloodCult (Cristiano Pereira) - bateria.

Revisado por Carina Langa.

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas