{lang: 'en-US'}

sábado, 8 de fevereiro de 2020

Sons Que Não Podem Ficar De Fora: "Araucária Metal Fest 2020" - Parte 02

Hail Headbnagers! Confiram agora a segunda parte do nosso especial de Sons Que Não Podem Ficar De Fora dos 'set list' das bandas do Araucária Metal Fest. Destacamos aqui as bandas do domingo, dia 9/02.


Damn Lies: O 'new' Metal na sua vertente mais pesada vem ganhando novos representantes, entre elas o Damn Lies. Não conhecia muito o trabalho deles, mas se destaca o fato de eles irem buscar um estilo que estava menos em evidência, a banda tem em torno de um ano de formação e não encontrei lançamento autoral, então aposto no som que não pode ficar de fora, o cover Right Now do Korn.


Hell Gun: A banda paranaense está com nova formação e novos sons, mas a mesma fidelidade ao metal tradicional. O EP "Southern Hell" é uma viagem sem volta para os anos 80, duvido quem estiver presente não puxar um ar gritar com Pride To The Nations, som esse que não pode ficar de fora. 


Tandra: Esta banda vem se tornando uma referência no 'folk' metal nacional, sua sonoridade tem elementos mais festivos que são tradicionais do estilo mas, ao mesmo tempo, apresentam também uma agressividade, aquela que faz a palavra metal fazer sentido. Da sonoridade da banda, os sons que não podem ficar de fora são aqueles presentes no seu primeiro 'full' "Time to Eternity", como por exemplo Winter Days.


Infected Sphere: Fazer brutal 'death' metal é algo que exige muito dos músicos envolvidos, então esta é a minha banda favorita do estilo no Brasil, os caras são o Dying Fetus brasileiro, com letras 'gore' de agressividade no talo! Metal extremo gaúcho, não preciso dizer mais nada! Confira o trabalho "Abbys Ov Flesh". Som que não pode faltar? Difícil citar um, pois todos eles arregaçam! Fica o destaque para Surgical Putrefaction.


Battalion: Quem pensa em 'heavy' metal catarinense, pensa em Battalion! São mais de 15 anos de estrada e de trabalhos feitos de 'headbangers' para 'headbangers'. É clichê? Sim... E foda-se! É muito bom. Como não gostar de Tyrant of Evil ou Empire of Dead, sons imperdíveis!


AXECUTER: Pós Battalion, prepararem os machados para o massacre da AXECUTER que tem uma discografia que vai de EP's, 'demos' e 'full', com destaque para o trabalho "Surrounded By Decay" um grande registro de 2019 no auge da maturidade da banda. Mas não tem jeito, no som que não pode faltar, na minha opinião é No God, No Devil (Worship Metal!).


Anthares: Encerrando o festival, teremos um dos pilares do Metal nacional, o Anthares, que tem na sua bagagem um clássico indiscutível no limite da força! Poderia dizer que sons indispensáveis seriam Fúria ou Vingança, mas depois de um tempo de hiato, eles voltaram com O Caos da Razão, mantendo a mesma pegada 'old thrash' em português, então, para mim, este som é aquele que não pode ficar de fora. Esta é uma daquelas bandas que não fazem show, dão uma aula!


Então é isso headbangers! Esperamos que essa seja a primeira de muitas outras futuras edições do evento e que os bangers brasileiros continuem acompanhando e prestigiando eventos como este. Mais um festival que prova a força do metal nacional!

Revisado por Carina Langa.

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas