Dissecando Coletâneas #02: "DSBM Brazil" - Vol. I [Compilation]

O 'DSBM' (Depressive Suicidal Black Metal) é um dos estilos que eu mais me identifico. E quando fiquei sabendo dessa coletânea, desenvolvida em parceria do 'blog' Discografia do Metal Negro e das páginas Depressive Suicidal Black Metal Brazil e DSBM Images, e do canal Depressedy DSBM, não perdi tempo em ouvir o material, e apresentar essa resenha.

Sendo uma coletânea que abrange apenas um estilo, pode parecer que o trabalho é todo parecido e que não faria sentido fazer uma resenha. Só que aí que está o detalhe! Dentro do próprio estilo, existem muitos espaços para criação e as bandas presentes aqui provam isso, criando-se assim uma porta aberta para se aprofundar no estilo e para se aprofundar lâminas nos seus pulsos.

Frio Insólito - Dor e angústia: 'Duo band' formada por Depression Four (todos os instrumentos) e Astaroth (vocal e letras). Depois de uma pausa eles voltaram a ativa. Nesse som, notei uma influência de 'Dark Ambient' muito bem vinda.

Depressiona - As esperanças se foram com você: Vocais desesperados, letra pesada e uma base hipnótica. Esse som é um dos meus favoritos da coletânea. Todas as esperanças e bons sentimentos se evaporam com essa música ao fundo! 

Lado Esquerdo Vazio - Quando a vontade é apenas partir: Uma aura lúgubre invade o ambiente, impossível não sentir a súplica nos gritos de ajuda...

Morte Rubra - Lúcido Para Morrer: O Morte Rubra é um dos nomes mais extremos dessa coletânea. Acho impressionante como eles conseguem incorporar na sua sonoridade passagens do mais puro 'Black' Metal e 'Death' Metal. Sem mais, sou muito fã! 

Ensimesmamento - Serei Amado Quando Morrer: Não conhecia esse projeto, mas ao ouvir o mesmo, logo me veio a rememoração do Lamúria Abissal, e não estava errado, pois aqui temos Reverand Despair nas vociferações.


Montosse - Pois os Mortos Viajam Depressa: ​Astratta e Érdos estão envolvidos nesse projeto que também remete à passagens do 'Black' Metal Norueguês, mas com um toque de melancolia profundo  E como é um fator comum dessa coletânea, todas as letras são poéticas.

Nattag - Efêmero: O 'DSBM' abraça vários estilos e aqui no trabalho do Nattag é possível ver uma influência de 'Noise', como pode ser ouvido não só nesse trabalho, como no EP intitulado "Comum".

Pessimista - Malditas Expectativas: Uma longa 'intro' abre espaço para uma levada 'Black Metal Old School'. Impossível não 'bangear'  nesse som! Note a quebra de andamento no final, dando a noção de terra devastada.

Entardecer - Omitted by Light: Faixa presente no EP "Lethargy". Um ponto diferencial do Entardecer é o fato de suas músicas optarem pelo inglês, o que me lembrou Psychonaut 4, minha banda favorita do estilo. 

Whore IllusionHrope:  A história por trás desse projeto é uma belíssima homenagem à um dos membros que acabou falecendo. Para manter sua mensagem viva, o projeto seguiu em frente. Sorte nossa por receber tal 'opus'.

Angustifolia - Dwelling In Emptiness:  Uma 'One Man Band', isso já é um grande mérito! Mas pode somar a isso, um belo trabalho instrumental e vozes que conseguem ir do mais extremo para passagens de pura dor.

Deadleaf - Human Heat: Fechando a coletânea, esse som encerra toda e qualquer gota de felicidade e luz do ambiente. Todo projeto é cortesia da alma doentia de Soulless. Procure o trabalho "I'm Not Dead Yet"... 

Revisado por Carina Langa.

←  Anterior Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas

Postagem em destaque

Underground Extremo: O Portal da Música Extrema

Hail Headbangers! Finalizamos 2019 como um ano muito significativo para todos nós do Underground Extremo . Em termo de números, chegamos a ...