Especial Setembro Negro Parte 01: 06 Cds para ouvir antes do festival


Setembro Negro na História Mundial equivale aos violentos enfrentamentos entre combatentes palestinos e o exército jordaniano, no fim de verão de 1970, os combates do 'Setembro Negro' deixaram entre 2.000 e 3.000 mortos, segundo números da Jordânia e dos palestinos, respectivamente. Entretanto na cena extrema o nome setembro negro nos remete a um dos maiores festivais do país que já trouxe para o país nomes como: Autopsy, Gorgoroth, Morbid Angel, Belphegor, Dark Funeral, Keep Of Kalessin, Enthroned, Ragnarok, Hate, Destroyer 666, Sadus, Severe Torture, Hate Eternal, Incantation, Averse Sefira, Subtera, Nephast, Valhalla, Miasthenia, Unearthly, Impurity, Ophiolatry.

Com um ato de puro amor a cena a Tumba Productions  apresenta o retorno do Fest depois de cinco anos  o “Setembro Negro Festival” – em sua 12ª edição  com duas datas, dias 29 e 30 de Setembro, no Carioca Club, em São Paulo.

Nesta edição teremos as bandas:  Aeternus, At The Gates, Coven, Enthroned, Morbid Saint, Purgatory, Razor, Schirenc Plays Pungent Stench, Taake e Wolfbrigade) Amen Corner, Decomposed God, Human Atrocity, Infested Blood, Manger Cadavre e Vulcano.

Para mais informações, siga a página do evento no Facebook:

https://www.facebook.com/events/2045030379098810/

Underground Extremo apoia esse festival, infelizmente devido a distância não estaremos nessa edição mas para preparar os bangers e irão ao evento segue nosso especial apresentando apenas um registro imperdível de cada banda que vai se apresentar no festival, dessa forma você já começa a sangrar seus tímpanos.

Artenus: Criada na década de 90 na Noruega a Artenus é uma das pioneiras do que chamamos atualmente de Dark Metal sua estreia com álbum completo foi Beyond the Wandering Moon" e a partir dai começaram a fazer turnês com grandes nomes como Emperor para quem não sabe o mentor da horda Ares, teve marcante passagens pelo Gorgoroth e Immortal quero destacar o trabalho And So the Night Became", com as harmonias insanas de Ild Dans e o peso de Warrior Of The Crescent Moon com violões bem encaixados


At The Gates: Pensa rápido qual álbum mais clássico dos pais do Death Metal Sueco? Aposto que o nome Slaughter of Soul veio a sua cabeça e com razão afinal de contas eles deram a cara para o que chamaríamos de Death Metal melódico, então se hoje temos bandas como In Flames ,Arch Enemy entre outras muito se deve a trupe de Thomas Lindeberg. Impossível já não imagina o Carioca club vindo ao chão com sons como Blinded By Fear e Under a Serpent Sun



Coven: Um dos nomes mais obscuros do festival, na verdade são muitos os headbangers que não conheciam o nome Coven, mas se hoje Ghost é um nome referencia, esse lado mais ocultista vem de trabalhos como o Coven, formada no final dos 60 sendo contemporânea do Black Sabbath só que no EUA formada por Jinx Dawson vocais, o baixista Oz Osborne Chris Nielsen na guitarra e na batera Steve Rossent. A banda com passar do tempo foi amolecendo um pouco o seu som, mas se quer saber o que é maldade em forma de musica não deixe de ouvir Witchcraft Destroys Minds And Reaps Souls principalmente Satanic Mass uma verdadeira missas satânica.


Enthroned: Um dos maiores nomes do Black Metal Mundial, impossível algum hellbanger não conhecer os Belgas e para todos aqueles saudosos fãs do metal negro sem modismo pompas e outras frescuras, basta dizer que Enthroned é a velha escola, por isso mesmo é tão difícil apontar apenas um álbum mas vou indicar "Sovereigns" uma peça rara de autenticidade e respeito ao que é o Black Metal



Amen Corner é sinônimo de Black Metal nacional sendo que a banda ao lado da Muder Rape é um dos maiores expoentes da cena Paranaense, sem abrir mão do extremismo a guerra contra o cristianismo é declarada a cada trabalho o que dizer de trabalhos como Final Celebration, Jachol Ve Tehilá mas vou destacar aqui o trabalho Leviathan Destroyer que marcou a volta da horda para provar quem é rei do inferno não perde a majestade.



Decomposed God: Justiça tem que ser feita a Decomposed God está ai na estrada por quase trinta anos promovendo a destruição das religiões com seu Death Metal impiedoso conheci a banda em alguma resenha na rock brigade, e foi muito foda achar algum som dos caras(eram tempos sem net ultra acessível) porém ao primeiro contato com The Last Payer fiquei impressionado, quero destacar o trabalho Storm of Blasphemies  que apresenta releitura dos clássicos da horda.



←  Anterior Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas