Viletale : Mais um passo rumo ao Abismo


Quem já leu nossa resenha do trabalho de estreia da Vielate , sabe que ficamos extremamente empolgados com o trabalho aqui apresentado, pois o Horror Metal além de ser muito bem inspirado na parte temática, tem uma sonoridade que leva o Death Metal a outro patamar com influências de Black, Grind entre outras.

Então ao se deparar com o EP The Suicide of Dei, ficou a pergunta será que eles conseguiram outra vez? Primeiro ponto positivo vem na capa a referência a Beggotten um dos filmes mais perturbadores já lançados, e provavelmente aquela expressão combina perfeitamente com quem não está acostumado com o estilo.

 

Tenho apenas dois adendos ao trabalho, o primeiro é que a mixagem soou um pouco mais abafada, uma banda do porte da Viletale merece uma mixagem onde podemos ouvir todos os instrumentos da forma mais clara possível, outro ponto é apenas quatro musicas ? sei que é um EP mas fica aquela sensação de quero mais.

OTH - The Last Message,
é uma intro meio perturbadora que abre espaço para a violência de Overlord Murder, Santificada seja a carne apresenta uma proposta em português que me agradou bastante, Splatterhouse é um depoimento de um psicopata, e finalizando temos a faixa titulo , que mergulha fundo na psicopatia humana.

Respondendo a pergunta do inicio da resenha, sim eles conseguiram, e que esse EP seja apenas uma amostrinha do que esses maníacos ainda podem nos proporcionar que Cthulhu nos proteja 



Formação da horda:

- Filipe Oliveira – Baixo

- Matheus Lungue – Bateria

- Alan Ricardo – Guitarra base

- Bruno Jankauskas – Guitarra solo e Vocal


The Suicide Of Dei

1 – Overlord Murder

2 – Santificada Seja a Carne

3 – Splatterhouse

4 – The Suicide Of Dei

←  Anterior Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas