Terror Underground #08 Brightburn - Filho das Trevas

 Um Superrman malvado que não convence, muito menos assusta


Convenhamos a ideia era sensacional, pegar um ser super poderoso e invés de lutar pela justiça e pelo bem como é comum no perfil desses personagens e reverter a proposta o Salvador torna se ameaça, pois bem a presença indireta de James Gunn,  prometia um filme de terror com ar de super herói ou seria o contrario? Entretanto a tentativa erra ... erra feio erra rude.

O Ator mirim Jackson Dunn (não me convenceu nenhum pouco), interpreta Brandon que misteriosamente cai na terra em uma nave bem a estilo do herói de Krypton, e é encontrado pelo jovem casal Tori- Elizabeth Banks e Kyle- David Denman tão sem sal quanto, como o casal não conseguia engravidar a vinda do bebê é vista como um presente, só que ai o menino cresce e começa a descobrir seus poderes.

A forma como o crescente da obra se cria é pífia , o velho clichê do bullying na escola a descoberta dos poderes e o piro a virada do personagem é tudo tão preguiçoso e mal feito que faz realmente pensar que os produtores desconfiam da nossa capacidade intelectual.

Mas nem tudo aqui é descartável em uma coisa o filem acerta e sim amigos para a alegria dos fãs de gore esse filme tem cenas memoráveis como a morte na lanchonete, e de Kyle( foda se se é spoiler ) além de uma esmagamento de mão bem feitinho ...mas só também ...


Algumas criticas usaram a questão do dualismo entre pai e mãe ela sendo mais emocional, acobertando os erros do filho, enquanto o pai mais racional é o primeiro a se da conta da ameaça , mas precisa ter muita boa vontade para comprar a ideia

Um filme que pode te descontrair por uma horinha mas daqui um dia você nem lembra mais dele, infelizmente 2019 não está sendo um bom ano para o terror, fica nossa torcida para que no segundo semestre a situação se reverta.



←  Anterior Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas