Metal Nacional no Rock In Rio: Nervosa, Claustrofobia e Torture Squad


O Rock In Rio é aquele festival que todos querem ir mas muitos não assumem e preferem ficar malhando pau via rede social, com papos do tipo Ahh mas em 1985, era melhor, teve mais bandas de Metal e por ai vai .

Entretanto vamos lembrar que em 1985 o Heavy Metal era mainstream e por isso que nomes como Iron Maiden, Whitesnake e AC/DC( mesmo não sendo Heavy Metal) atraiam multidões, fato é que o festival precisa de publico então o palco Mundo trazer artistas de Pop é na verdade uma questão de sobrevivência, por isso se não gosta, é só não ir,  nem assistir,  algo muito simples.

Existia o boato de que iriamos  perder a noite do Metal mas graças a Satan, ela voltou e trouxe um line up no minimo de respeito. No Palco Mundo: Iron Maiden, Scorpions, Megadeth e Sepultura isso já estava lindo mas ai vem o Palco Sunset e ai temos: Slayer na sua turnê de despedida, Anthrax. (compondo três quartos do Big Four). E ai a melhor noticia vem agora temos três bandas nacionais Nervosa, Claustrofobia e Torture Squad que apresentam como convidado Chuck Billy vocalista do Testament.
E nossa equipe não poderia deixar essa noticia passar em branco e vamos agora apontar nossos registros favoritos dessas bandas que tanto representam para acena Nacional

Nervosa: formada em 2010 e atualmente contando na sua formação com Prika Amaral (guitarra e vocais), Fernanda Lira (vocal e baixo) e Luana Dametto (bateria), sendo que lançaram três trabalho até o momento  sendo que na escolha do nosso favorito, foi fácil pois optamos por Downfall of Makind onde a banda se apresenta do Death Metal em muitos momentos deixando a sonoridade do trio ainda mais potente.

Claustrofobia: A maior banda underground do país, nada pode parar a máquina que atende pelo nome Claustrofobia formada no ano de 1993 pelos irmãos D’angelo Marcus no vocal e guitarras e Caio na bateria , a banda passou pro profundas mudanças na sua formação sendo que hoje tem o monstro Rafael Yamada no baixo. Escolher apenas um álbum da banda foi complicado isso porque Download Hatred é o ápice da violência da banda, Peste é totalmente em português o que já da um destaque na discografia, porém vamos indicar Fulminant de 2005 pois o nome já entrega o que você vai encontrar nesse trabalho, entretanto o Claustrofobia não tem trabalho ruim e vale conhecer toda a discografia deles. 


Torture Squad: 30 anos de underground , é essa marca que o torture irá cravar no Festival, possuindo tres fases distintas com tres vocalistas que assumiram o posto de frontman da banda é impossível hoje não reconhecer a força do nome Torture Squad para a cena. Atualmente composta por Mayara “Undead” Puertas (vocal), Amilcar Christófaro (bateria), Castor (baixo e vocais) e Rene Simionato (Guitatta). Aqui não teve jeito é bem dificil escolher um só, porém impossivel não se impressionar com a estreia em Shivering (1998), Pandemonium que possui clássicos absolutos para a discografia da banda e claro Far Beyond Existence (2017) que marca essa nova fase da banda com verdadeiras porradas como: Don’t Cross My Path, Steady Hands e Hero For The Ages


Uma data para ficar marcada na Cena do Metal Nacional e podemos afirmar estamos bem representados.


←  Anterior Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas