Entrevista: Lethal Storm


Uma tempestade de Riffs,seguidos de uma verdadeira violência sonora, essa é uma forma bem simplória de descrever a sensação que transmite o trabalho da banda de Campinas SP Lethal Storm, com uma trajetória que é comum para muitas bandas do nosso underground, a banda vem angariando cada vez mais ouvintes com a sua sonoridade extrema que transita entre o Death e o Thrash , saiba mais dessa promissora banda na nossa entrevista exclusiva,


1)Hail Lethal Storm nós do Underground Extremo agradecemos a entrevista, na página de vocês no facebook consta que a banda formou se em 2007 então são onze anos no underground, de uma banda que iniciou se com desejo de irmãos em tocar um som agressivo, para hoje um nome forte na nossa cena , acredito que foi uma jornada muito grande, como vocês descreveriam esses primórdios do grupo

LS: Sim! Realmente tinha muita empolgação adolescente envolvida e pouca noção dos que nos aguardava. Foi um processo bem natural, onde todos nós apenas tocávamos e não pensávamos em nada mais além! Ate porque a banda formou-se no intuito de se divertir, inicialmente a banda buscava apenas covers para seu repertório porem logo em seguida abrangemos para o metal autoral que já estava em tempo. 



2) Depois do lançamento da demo Disorder a banda passou por um recesso, o que motivou vocês a voltarem a compor e ter banda nesse tão difícil underground nacional?

LS: Nascemos para fazer musica, isso não tem como fugir, a vontade ressurgiu como ordem natural da vida rsrs, e junto com ela a vontade de mostrar nossa identidade com nossos trabalhos autorais!

3) Em 2012 foi lançado o EP Lethal Storm We Are, na época a banda contava com uma formação diferente porem como foi a resposta de tal trabalho e o quanto ele contribuiu para a consolidação do nome da Lethal Storm

LS: A resposta foi excelente com o trabalho gravado com o nomeado Piccoli, qualidade de primeira, alavancou muito a imagem da banda para a cena underground e com isso o animo de compormos mais musicas trabalhadas!

4) Um dos pontos positivos da banda, e o fato de ser difícil rotular o som que vocês executam, pois, as transições entre o Thrash e o Death flui de forma muito orgânica, como vocês descreveriam o som praticado pela banda, e qual som vocês indicariam para quem ainda não os conhece

LS: Sim a banda começou no Thrash e o Death surgiu bem depois e aos poucos conforme o amadurecimento musical. A tendência da banda é estacionar no Death Metal, porém sempre terá a herança Thrash, principalmente em nossas letras!
Recomendo o álbum todo (kkkk) porque realmente vale a pena! Modéstia a parte fizemos um bom trabalho! E preferimos que o ouvinte ouça e escolha sua música favorita!

5) Em 2016, Manipuled Mind, foi lançado antes de focar no álbum em si eu gostaria que vocês comentassem um pouco da capa que é extremamente brutal e muito bem feita

LS: O álbum retata uma pessoa extremamente alienada sendo sugada pela mídia, como pode se ver na capa, isso é retratado na musica “Manipulated Mind”, sendo assim uma critica aberta para que as pessoas abram suas mentes. 



6) Corruptos foi cantada em português sendo uma das minhas favoritas nos próximos lançamentos da banda existe a ideia de mais trabalhos cantados na nossa língua pátria?

LS: Que bom que gostou! (kkkk)  Bem! Sobre isso fica difícil dizer, porque não trabalhamos em cima de algum cronograma especifico. Mas como temos um forte laço Thrash em nossas canções, provavelmente teremos mais músicas em nossa língua pátria! E assuntos em nosso país é o que não falta!

7) A banda lançou alguns vídeos ao longo de sua carreira, sendo uma banda do underground, vocês aconselhariam as outras bandas em investir em vídeos e materiais promocionais, mesmo sabendo que o retorno financeiro acaba sendo baixo

LS: Esses lances multimídia só realmente vale a pena, se tiver um bom álbum gravado, porque todas essas ferramentas levam há um único lugar, que é a sua música.Recomendo apenas, com um bom trabalho em mãos, porque aqui o importante é o som, o vídeo apenas evidencia seu trabalho!

8) As letras da banda são bem diretas não poupando cítricas a sociedade, a corja política do Brasil as grandes mídias etc.… como nasce uma composição da Lethal Storm, acredito que a situação do país inspira o inconformismo a revolta e o ódio

LS: Essa parte é bem natural e não temos uma receita especifica para isso! Todos nós costumamos criar bastante letras e deixar a disposição para quando a bater a inspiração e algo bom o bastante surgir já temos a ideia de qual letra funcionará!

9) Como está a agenda da Lethal Storm para esse segundo semestre, teremos alguma apresentação aqui no Sul do país como os bangers podem ter acesso ao material da banda?

LS: Nós sentimos que ainda precisamos estabelecer melhor nossa música aqui na região. Para ajudar a fortalecer a cena autoral aqui em Campinas, que ainda é muito carente. Mas tudo é oportunidade e tenha certeza que vamos encontrar os bangers do Sul, cedo ou tarde.Sobre nosso material, temos o facebook e os integrantes estão sempre à disposição dos fãs e através do contato poderá adquirir nossos materiais de forma rápida e fácil!
10) Obrigado pela entrevista o espaço é de vocês para deixarem uma mensagem para os leitores do blog Underground Extremo?

LS: Não adianta esconder ou boicotar o que é bom, cedo ou tarde ele aparece! Obrigado a todos nossos fãs (que estão crescendo rápido) e não pedimos o like de vocês em lugar nenhum, apenas que ouçam Manipuled Mind! E se gostarem que sejam bem-vindos a família Lethal!
E não esqueçam: Lethal Storm We Are!!!!



←  Anterior Proxima  → Página inicial

Total de visualizações

Baphomet

Baphomet

As mais lidas